sábado, 25 de julho de 2020


Benfica 2 - 1 Sporting: Viscondes no quarto!

Vinícius foi o melhor marcador da Liga
Vinícius foi o melhor marcador da Liga
Jogo grande para o encerramento da Liga NOS 2019/20, com o Benfica a receber o eterno rival, Sporting, num Estádio da Luz mais uma vez despido de público. Os leões, treinados por Rúben Amorim, disputavam o terceiro lugar com a ex-equipa do seu treinador, em mais uma demonstração de verdade desportiva que é apanágio do clube dos "diferentes". Para o Benfica foi a oportunidade de pôr a equipa à prova num jogo com maior grau de dificuldade, antes de disputar a final da Taça de Portugal, em Coimbra.
Foram várias as alterações promovidas por Nelson Veríssimo para disputar este dérbi. Odysseas regressou à baliza e Tomás Tavares voltou à titularidade substituindo o lesionado Nuno Tavares. Weigl também fez parte das opções iniciais após cumprir castigo por acumulação de amarelos. Cervi e Seferovic foram as outras novidades da noite, remetendo Rafa e Vinícius para o banco de suplentes.

Benfica vs Sporting - Liga NOS 2019/20
Zlobin, João Ferreira, Ferro, Florentino, Zivkovic, Rafa, Jota, Dyego Sousa e Vinícius

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Minuto 88: O golo do brasileiro Vinícius, festejado ao retardador, veio recolocar justiça no marcador e valeu-lhe o título de melhor marcador da competição.
Prémio Pablo Aimar
Momentos de pressão: Este jogo teve momentos em que o Benfica conseguiu exercer uma pressão alta que foi imagem de marca em tempos não muito distantes. A ausência destas recuperações de bola perto de zonas de finalização foi uma das principais causas da quebra da equipa.
Prémio Bruno Cortez
2º lugar: Um campeonato em que o Benfica não seja o primeiro classificado, é necessariamente uma prova com sinal menos.

Tomás Tavares voltou a ser titular

Bitaites do terceiro anel:
  • Arriscar não ganhar um dérbi para garantir um prémio individual a um jogador, seja ele quem for, não me cai bem. Curiosamente até acabou por ser ele a entregar de bandeja o prémio ao seu colega Vinícius e a vitória ao Benfica.
  • Esta tentativa "descarada" de desequilibrar a corrida a favor do Pizzi, deixa-me com a sensação que o jogador pode estar de saída. Se assim for, e eu gostava que não fosse, desejo tudo de bom a um jogador que foi fundamental num dos períodos mais gloriosos do clube.
  • Justiça divina ao cair do pano colocando um clube que usa e abusa da contratação de treinadores ao seu competidor direto, no seu devido lugar: no quarto.
  • Terminou uma competição que se esperava de sonho e acabou por ser de pesadelo. Há agora uma Taça de Portugal para vencer, não porque salve a época, mas porque tem que ser sempre essa a ambição do Benfica em cada competição.
Abraço

terça-feira, 21 de julho de 2020


Aves 0 - 4 Benfica: Final surpreendente!

Estreia de sonho para um jovem com cabeça
Estreia de sonho para um jovem com cabeça
A penúltima jornada da Liga NOS foi precedida de grande polémica com as dúvidas levantadas quanto à presença do Desportivo das Aves no jogo a deixarem a nu as fragilidades reais do futebol português. Os avenses já há algumas jornadas que estão condenados à despromoção e esforçam-se por cumprir o resto do calendário com um grupo de trabalho esfrangalhado pela crise que vivem. O Benfica após ver o rival sagrar-se campeão, também se limita a cumprir calendário e a preparar a final da Taça de Portugal para terminar a época com sinal mais.
Nelson Veríssimo surpreendeu dando a titularidade na baliza a Svilar. Mais naturais foram as entradas de Florentino e Rafa para os lugares do castigado Weigl e do lesionado Cervi. No banco de suplentes marcou presença o jovem Gonçalo Ramos a espreitar a estreia absoluta na equipa principal.

Aves vs Benfica - Liga NOS 2019/20
Zlobin, Ferro, Tomás Tavares, Samaris, Zivkovic, Jota, Dyego Sousa, Seferovic e Gonçalo Ramos

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Primeiro minuto: Bonita homenagem do jogadores do Aves à postura da equipa do Benfica em toda a segunda volta do campeonato.
Prémio Pablo Aimar
Presidente do Aves: Ver a expressão do presidente do Aves durante o minuto de "protesto" é toda uma homenagem aos dirigentes de outros tempos. Correndo algum risco, porque não o conheço, parece gente boa que merece tudo.
Prémio Bruno Cortez
SAD´s paraquedistas: Estão em força, não só no futebol português, mas em todo o mundo. Não há almoços grátis. Entra dinheiro fresco, mas...

O momento em que Rafa abre o marcador para o Benfica
O momento em que Rafa abre o marcador

Bitaites do terceiro anel:
  • Missão cumprida num jogo com um enquadramento muito especial. Faltam dois jogos para terminar a temporada, frente aos grandes rivais. Venha daí uma vitória sobre o Sporting que sirva de catapulta para a conquista da Taça de Portugal.
  • Esteve bem o Veríssimo a substituir o Vinícius antes que marcasse golo para o obrigar a marcar ao Sporting se quiser ser o melhor marcador da liga.
  • Excelente estreia de Gonçalo Ramos na equipa principal do Benfica. Parabéns craque! Venham muitos mais.
Abraço

terça-feira, 14 de julho de 2020


Benfica 2 - 0 V. Guimarães: Matematicamente...

Chiquinho faturou o primeiro do Benfica
Chiquinho faturou o primeiro do Benfica
A Liga NOS caminha a passos largos para o seu final, com o Benfica a receber o Vitória de Guimarães no Estádio da Luz em jogo da 32ª jornada. O Vitória ainda acalenta esperanças de assegurar um lugar europeu de forma a traduzir na classificação a boa imagem que deixou ao longo de grande parte da temporada. Ao Benfica nada mais restava do que dignificar o manto sagrado, somando os três pontos e realizando uma exibição convincente.
Nelson Veríssimo alterou apenas a referência atacante, dando a titularidade a Vinícius em detrimento de Seferovic. Destaque para a presença de Florentino no banco de suplentes.

Benfica vs V. Guimarães - Liga NOS 2019/20
Zlobin, Tomás Tavares, Ferro, Florentino, Zivkovic, Rafa, Jota, Seferovic e Dyego Sousa

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Não substituição do Cervi: Até parece que o mister enfiou carapuça do que escrevi aqui a semana passada. Por acaso até acabou por cumprir a tradição, mas desta vez já foi na fase do aplauso. Não conta :)
Prémio Pablo Aimar
Florentino: Engraçado ver os que rejubilaram com a contratação do Weigl para o tal projeto europeu que tantos exigiram, a criticar agora, porque o Florentino é que era. E por acaso eu até acho que era.
Prémio Bruno Cortez
Substituições tardias: As substituições para queimar tempo de Jota e Zivkovic podiam ter sido feitas na fase em que a equipa estava mais em quebra.

Cervi, sempre na luta
Cervi, sempre na luta

Bitaites do terceiro anel:
  • Neste final de época completamente atípico a pontinha de sorte também tem contado. Hoje esteve do nosso lado e permitiu uma vitória importante para moralizar, com o facto inédito nos últimos tempos de não sofrermos golos.
  • Agora é simples: Rúben Amorim dá o primeiro golpe; Nuno Santos bisa no Dragão e os irmãos Horta dão a extrema unção.
  • Já quanto a nós ganharmos ao Aves...
  • Seferovic esteve perto de fazer um dos golos do campeonato. Para uns, como eu, seria merecido. Para outros, muitos mais, foi apenas Seferovic a ser Seferovic: esteve quase. Tenho que respeitar.
  • Termino com uma pergunta. A CMVM, mais uma vez tão expedita a suspender a negociação das ações do Benfica, já suspendeu a negociação das ações da EDP?
Abraço

quinta-feira, 9 de julho de 2020


Famalicão 1 - 1 Benfica: Menos um!

Festejos de Pizzi no golo inaugural
Festejos de Pizzi no golo inaugural
Após o regresso às vitórias no Estádio da Luz frente à equipa do Boavista, o Benfica voltou a deslocar-se o norte do país para defrontar o Famalicão em jogo da 31ª jornada da Liga NOS. A equipa famalicense é a grande surpresa da prova, pela positiva, estando a fazer um grande campeonato e tendo chegado à meia-final da Taça de Portugal onde criou grandes dificuldades ao Benfica. Após a vitória da jornada anterior era imperioso dar continuidade em termos de resultado e reforçar os níveis exibicionais para chegar em boas condições à final da Taça.
Nelson Veríssimo deu corpo à máxima de que em equipa que ganha não se mexe, pelo que apresentou exatamente o mesmo onze que defrontou o Boavista. No banco de suplentes a única alteração foi a presença de Zlobin em detrimento de Svilar.

Famalicão vs Benfica - Liga NOS 2019/20
Zlobin, Tomás Tavares, Ferro, Samaris, Zivkovic, Rafa, Jota, Vinícius e Dyego Sousa

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Substituição do Cervi: É da praxe, está no bloco de nota dos treinadores desde que o argentino veio para o Benfica. Haja paciência.
Prémio Pablo Aimar
Weigl: Para a próxima época arranjem três ou quatro da estirpe do alemão para lhe fazer companhia, sff.
Prémio Bruno Cortez
André Almeida: Pesadelo!

Jogo sempre muito disputado
Jogo sempre muito disputado

Bitaites do terceiro anel:
  • Bom treino de conjunto para reforçar as rotinas da equipa para o que resta da temporada, ou seja, a final da Taça de Portugal.
  • A nossa realidade atual é esta, mesmo fazendo um jogo bem razoável, é curto para demonstrar uma superioridade que a diferença de valores para os adversários justificava.
  • Nunca fui de pedir cabeças, seja de treinadores, dirigentes ou jogadores, mas que há dois ou três jogadores que já me fazem muita confusão, ai isso há!
  • Uma delícia o que se tem passado em termos de arbitragem nos últimos tempos. Apesar da vantagem pontual não se facilita um milímetro. As duplas maravilha das últimas jornadas: Artur Soares Dias/Manuel Oliveira, Luís Godinho, Tiago Martins, Rui Oliveira/Manuel Oliveira ou Fábio Veríssimo/Vasco Santos.
  • Sim, já sei, perdemos por culpa própria. Sei eu e deve saber a estrutura, mas isso não invalida que se ponham os nomes aos bois ou que não se aponte os casos. Ainda hoje foi um golo de um canto inexistente, um jogador que fez um penálti e nem amarelo levou, que seria o segundo e a fechar um penálti sem comentários. Muito mais falta fez o Fábio Cardoso sobre o Rúben Dias no penálti que deu início ao nosso descalabro definitivo. Ou sobre o Ferro no dragão, que deu início ao nosso primeiro descalabro.
Abraço

sábado, 4 de julho de 2020


Benfica 3 - 1 Boavista: Estancar a hemorragia!

Gabriel resolveu finalmente os problemas de visão
Gabriel resolveu finalmente os problemas de visão
Um Estádio da Luz mais uma vez sem adeptos foi o palco do encontro entre o Benfica e o Boavista a contar para a 30ª jornada da Liga NOS. Os boavisteiros estão numa posição tranquila na tabela e têm sido um osso duro de roer para os seus adversários, com apenas uma exceção, mas isso agora não interessa nada. Ao Benfica só interessava um resultado, a vitória, para inverter o rumo de uma das séries mais negras da história do clube.
O jogo marcou a estreia de Nelson Veríssimo como treinador principal após ter sido nomeado para substituir Bruno Lage ao comando da equipa benfiquista. O novo timoneiro não efetuou grandes alterações em relação ao que vinham a ser as opções de Bruno Lage: Rúben Dias e Gabriel voltaram a ser titulares após cumprirem castigo, substituindo Ferro e Samaris. A outra alteração foi Seferovic que voltou a ser a referência ofensiva, fazendo dupla com Chiquinho.

Benfica vs Boavista - Liga NOS 2019/20
Svilar, Tomás Tavares, Ferro, Samaris, Zivkovic, Rafa, Jota, Vinícius e Dyego Sousa

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Primeiro golo: A contrário do que tem sido habitual, praticamente na primeira vez que passou o meio campo o Benfica abriu o marcador. Golo importante para soltar a equipa para uma exibição mais conseguida.
Prémio Pablo Aimar
Vitória: Era fundamental somar os três pontos em disputa para ir mantendo a possibilidade matemática de chegar ao título. Pode ser que as pernas tremam também noutras paragens.
Prémio Bruno Cortez
Montes de merda: Os paineleiros que pululam nas nossas televisões e redes sociais não demoraram muito em pôr em causa a honestidade do guarda-redes do Boavista. Agora imaginem como seria se o homem não tem realizado uma grande exibição.

Weigl é como o algodão, não engana!
É como o algodão, não engana!

Bitaites do terceiro anel:
  • O assunto do momento é se a equipa estava a fazer a cama a Bruno Lage por ter ganho este jogo com alguma facilidade. Houve jogos em que os jogadores poderiam de facto ter dado muito mais do que deram, mas não me parece que o motivo fosse empurrar o treinador para fora da Luz. Pareceu-me mais falta de raça, querer e ambição.
  • Não vi grandes diferenças na atitude ou na exibição coletiva entre este jogo e o desafio frente ao Marítimo na Madeira. A principal diferença esteve na concretização, com as bolas a bater todas no boneco no último jogo e a entrar à primeira oportunidade, hoje.
  • Já a nível individual houve de facto um ou outro jogador a apresentar um rendimento claramente diferenciado, mas isso para já guardo para mim.
  • Foco na deslocação a Famalicão porque enquanto há vida há que acreditar. Além disso há também um balão para encher de confiança para ajudar à conquista de mais uma Taça de Portugal.
  • Não posso terminar sem desejar boa sorte a Bruno Lage e dar-lhe os parabéns por ser um dos dezanove treinadores campeões nacionais ao serviço do Benfica. Um dos cinco portugueses que tiveram essa honra. Tu estás na história, mas os especialistas da especialidade é que percebem disto a montes.
Abraço

Espreite também: