sábado, 21 de dezembro de 2019


Setúbal 2 - 2 Benfica: Adeus anunciado!

Grande golo de Jota no Setúbal - Benfica
Jota marcou um grande golo
O fecho da fase de grupos da Taça da Liga para o Benfica passou pela deslocação a Setúbal para defrontar o Vitória local que à entrada para esta jornada já estava fora das contas pelo apuramento. O Benfica por seu lado, devido aos empates nas duas primeiras jornadas, dependia do que se passasse no jogo entre Guimarães e Covilhã. Uma vitória do Guimarães arrumava a questão da classificação, enquanto um empate ou uma vitória do Covilhã recolocariam o Benfica na luta pelo apuramento em caso de vitória em Setúbal, dependendo nesse caso a classificação da diferença de golos.
A poucas possibilidades de apuramento terão contribuído para que Bruno Lage promovesse uma autêntica revolução, com a convocatória de seis jogadores da equipa B, e com Tomás Tavares a ser o único a repetir a titularidade. O jogo permitiu a Jardel, Nuno Tavares, Florentino, Gedson, Jota, Caio Lucas, Seferovic e RDT somar os minutos que lhes tem faltado nos últimos tempos.
Houve ainda espaço para a estreia absoluta na equipa principal do Benfica do brasileiro Morato, de apenas 18 anos, que fez dupla de centrais com o compatriota Jardel.

Setúbal vs Benfica - Taça da Liga 2019/20
Svilar, Pedro Álvaro, David Tavares (77'), Tiago Dantas (84'), Chiquinho (63'), Gonçalo Ramos e Vinícius

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Golo do Jota: Num jogo que acabou por não alterar nada em relação à classificação, destaca-se o momento de inspiração de Jota que sacou um remate indefensável para o segundo golo do Benfica.
Prémio Pablo Aimar
Minutos somados: Os minutos somados por muitos dos miúdos que podem vir a fazer parte do futuro do Benfica é das poucas coisas positivas que se retira deste jogo.
Prémio Bruno Cortez
Galinheiro: Os adeptos do Benfica deviam receber dinheiro para ver o jogo naquele espaço. É preciso mesmo muito amor ao Benfica para pagar bilhete.

Raúl de Tomás abriu o marcador no Bonfim
RDT abriu o marcador no Bonfim

Bitaites do terceiro anel:
  • Esta eliminação da Taça da Liga é uma desilusão. O empate caseiro com o Guimarães e o mesmo resultado na Covilhã deixaram praticamente definido este desfecho. Nesse contexto concordo com as alterações promovidas por Bruno Lage neste jogo.
  • Este jogo serviu também para tornar cada vez mais claro quem pode, ou não, acrescentar valor ao grupo dos que têm sido mais utilizados ultimamente.
  • Grande parte do sucesso do Benfica nesta época "joga-se" nas próximas semanas. Há muitas saídas a concretizar para manter o balneário saudável e garantir a poupança na folha salarial que permita as duas ou três entradas fundamentais para atingir outro patamar competitivo.
  • Uma equipa que já não tinha hipóteses de seguir em frente em vez de aproveitar para dar a oportunidade aos que têm jogado menos apresenta-se a jogo com o melhor onze. Mais do que isso, até joga com jogadores com máscara de proteção e outros no limite de lesão. Tem paciência Hildeberto, melhores dias virão. Muita força João Meira, as melhoras.
  • No sábado passado escrevi: "Tenho uma sugestão para resolver o problema do défice do estado português: cada vez que um árbitro da A. F. do Porto apitar um jogo do Benfica paga um euro de imposto ao estado".  Daí para cá já levamos com mais dois: Artur Soares Dias e Manuel de Oliveira. Tão previsíveis.
  • Por fim ficam os votos de um Feliz Natal e um Ano Novo de 2020 cheio de conquistas para todos nós.
Abraço

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019


Benfica 2 - 1 MMdMdFP: Força Mental!

Festejos do golo do Benfica frente ao Braga
Um monte de união intransponível
Os oitavos-de-final da Taça de Portugal trouxeram ao Estádio da Luz o Sporting de Braga para disputar com o Benfica a continuidade na corrida até ao desejado jogo no Jamor. Os bracarenses têm tido duas caras esta temporada com um registo impressionante na Liga Europa e uma participação muito modesta na Liga NOS, onde foram derrotados pelos dois últimos classificados nas jornadas mais recentes. Este cenário é um bom alerta para o Benfica já que demonstra que os visitantes têm tido dificuldades em lidar com equipas fechadas, mas têm dado boa conta do recado quando a responsabilidade maior está do outro lado. Pede-se paciência na abordagem ao jogo.
Bruno Lage voltou a apostar na fórmula que tem apresentado nos últimos jogos, assim como nos mesmos dez jogadores de campo que tão boa conta têm dado do recado. A única alteração ocorreu na baliza, uma situação

sábado, 14 de dezembro de 2019


Benfica 4 - 0 Famalicão: Foi Chicão!

Benfica, Chiquinho e Vinícius
A dupla do primeiro golo
Após a incontestável vitória no Bessa e o triunfo folgado frente ao Zenit que permitiu a permanência nas competições europeias o Benfica regressou ao Estádio da Luz para cumprir a 14ª jornada da Liga NOS. Os visitantes vieram de Famalicão e têm sido uma agradável no ano em que regressaram à primeira divisão, ocupando a terceira posição da tabela classificativa. A dificuldade prevista para esta partida pedia umas bancadas da Luz completamente envolvidas no apoio incansável à equipa, à imagem do que aconteceu frente ao Zenit, onde foram poucos, mas bons.
Neste regresso aos jogos do campeonato Bruno Lage repetiu o onze que defrontou o Zenit, confirmando uma estabilidade que se vem acentuando nas últimas semanas. Este foi mesmo o terceiro

terça-feira, 10 de dezembro de 2019


Benfica 3 - 0 Zenit: Venha ela!

Chiquinho, Pizzi e Vinícius
Um trio em grande forma
Fim de festa para o Benfica na Liga dos Campeões desta temporada com a receção no Estádio da Luz aos russos do Zenit, com os visitantes a terem ainda a possibilidade de continuarem na prova milionária. Ao Benfica restava lutar por um lugar na Liga Europa com um resultado de 2-0 ou uma vitória por três ou mais golos a garantir a qualificação sem depender de terceiros. Caso o Lyon não vencesse o RB Leipzig qualquer vitória do Benfica significaria a continuidade nas competições europeias.
O Benfica repetiu o onze apresentado frente ao Boavista no último fim-de-semana naquela que foi uma das melhores exibições da temporada. Parece que definitivamente Bruno Lage encontrou a fórmula para

sábado, 7 de dezembro de 2019


Boavista 1 - 4 Benfica: Selvajaria!

Benfica Franco Cervi
Muito respeito por este menino
O Estádio do Bessa foi o palco da 13ª jornada da Liga NOS com o Benfica a defrontar um Boavista motivado pela boa temporada que está a realizar e sabe Deus por mais o quê. O Benfica pretendia dar continuidade à impressionante série de vitórias fora de casa e cravar mais um ferro na esperança daqueles que tanto apostavam neste jogo para inventarem mais uma "crise" no Benfica. Impressionante o apoio nas bancadas. Por muito que custe a muito boa gente, o Norte é Benfica.
Finalmente chegamos ao ponto em que olhando para a lista dos jogadores disponíveis conseguimos dizer qual vai ser o onze do Benfica. Tendo esta base bem definida é só substituir castigados, lesionados e abaixamentos

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019


Covilhã 1 - 1 Benfica: Congelados!

Zivkovic regressou direto ao onze
A Serra da Estrela foi o palco da 2ª jornada da fase de grupos da Taça da Liga, com o Benfica a defrontar um Covilhã que tem estado muito bem na segunda liga onde luta pela subida à Liga NOS. Dado o empate frente ao Guimarães na primeira jornada, deixando muito provável um desempate por diferença de golos para apurar o vencedor do grupo, desejava-se um resultado robusto no frio da serra. A proximidade do jogo frente ao Boavista para o campeonato que se disputa já na próxima sexta-feira, aconselhava algumas cautelas no onze a apresentar pelo Benfica.
Terá sido certamente por ter em conta o aperto do calendário que Bruno Lage promoveu uma autêntica revolução na equipa mantendo apenas Rúben Dias da equipa que venceu o Marítimo. Estas alterações radicais envolvem sempre um grau de risco elevado já que à menor qualidade das segundas

Espreite também: