sábado, 30 de novembro de 2019


Benfica 4 - 0 Marítimo: Pizzícius ou Vinizzi?

Pizzi: mais um golo e várias assistências
250 jogos?! Tá fixe, Pizzi!
A 12ª jornada da Liga NOS significava o regresso do Benfica ao Estádio da Luz para a receção aos madeirenses do Marítimo que se apresentaram na Luz com novo treinador. Estes jogos após a Liga dos Campeões têm sempre um risco acrescido pelo que se pedia um Benfica ao seu melhor nível perante os insulares. O jogo fica também marcado pela estreia do novo relvado da Luz, que tanta tinta vez correr entre os ladradores do costume enquanto a caravana do Maior vai avançando.
Bruno Lage repetiu a equipa que defrontou o Leipzig na Alemanha procurando aproveitar a moral proporcionada pela boa exibição. O risco associado a esta aposta advém de um eventual desgaste na fase final da partida, pelo que é importante fazer o resultado cedo poder gerir a equipa e evitar surpresas indesejadas.

Benfica vs Marítimo - Liga NOS 2019/20
Zlobin, Tomás Tavares (46'), Jardel, Florentino, Caio Lucas, Jota (80') e RDT (69').

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Segundo golo: Se o primeiro golo foi importante para inverter o rumo duma partida em que o Marítimo entrou melhor em campo, o segundo acabou por completo com a esperança dos madeirenses num resultado positivo.
Prémio Pablo Aimar
Taarabt: Um deleite para a vista ver o marroquino a pautar grande parte do jogo benfiquista. Fez-lhe bem a pausa após a quebra evidenciada na sequência do excesso de utilização na fase inicial da temporada.
Prémio Bruno Cortez
Expulsão: Muito mal Gabriel a não ter o discernimento necessário para evitar o segundo amarelo quando o resultado já estava feito. Mal também Bruno Lage a não o retirar do jogo mais cedo. Já em Vizela esteve muito perto de acontecer o mesmo.

Chiquinho cresce a cada jogo com o manto sagrado.

Bitaites do terceiro anel:
  • Pizzi e Vinícius assinaram os momentos que decidiram a partida demonstrando um excelente entendimento. Vai de encontro à opinião daqueles, nos quais me incluo, que acham que Pizzi é a melhor solução para "fazer" de Jonas ou de Félix.
  • Outros defendem, e eu também, que mais do que procurar um novo Jonas ou um novo Félix, é necessário encontrar um sistema que se adeque aos jogadores de que dispomos. Parece-me que estes dois últimos jogos deram bons indicadores nesse sentido.
  • Impossível não destacar os três golos de Carlos Vinícius. Espero que seja mais um a seguir o caminho de Raúl Jiménez: entrar como "negociata" porque foi muito caro; ajudar na conquista de títulos importantes; sair como "negociata" porque "só" foi transferido pelo triplo do que custou.
  • O novo relvado passou com distinção no primeiro teste em competição oficial. A polémica questão dos 10% de relva artificial, que tantos se apressaram a questionar, mais tarde ou mais cedo será aplicada nos relvados dos nossos rivais. À imagem do que aconteceu com a caixa de segurança, com a BTV, com...
  • O positivo de mais um jogo da dupla maravilha Fábio Veríssimo e Luís Ferreira, é que significa que é menos um que farão até se reformarem.
  • Vamos com tudo à Covilhã porque o apuramento é bem capaz de se decidir pela diferença de golo.
Abraço

Espreite também: