quinta-feira, 3 de outubro de 2019


Zenit 3 - 1 Benfica: Asfixiados!

Benfica Raul de Tomás
RDT estreou-se a marcar pelo Benfica
A deslocação à Rússia para defrontar o Zenit na 2ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões era mais uma oportunidade para o reencontro com os resultados positivos na competição. A pressão pelo desempenho menos conseguido do Benfica nas competições europeias vai aumentando a cada jogo, pelo que um bom resultado e uma exibição convincente era o que se pretendia. Os bravos adeptos marcaram presença nas bancadas do Zenit Arena no apoio incondicional à equipa.
Bruno Lage alterou a dupla de centrais promovendo Jardel à titularidade em detrimento de Ferro com o objetivo de dar mais dimensão física à defesa. No meio campo também houve alterações com Gabriel a voltar à     titularidade ao lado de Fejsa. Taarabt surgiu numa posição mais adiantada do meio campo no apoio ao ponta de lança Seferovic.

Zenit vs Benfica - Liga dos Campeões 2019/20
Zlobin, Nuno Tavares, Ferro, Gedson, Caio Lucas (60'), Vinícius (60') e RDT (80')

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Primeiro golo: Não é que o Benfica estivesse mandão no jogo, longe disso, mas sofrer um golo daquela forma tão infantil abala sempre a moral. Ainda assim havia muito tempo pela frente para reagir de forma mais assertiva.
Prémio Pablo Aimar
Golo RDT: Do pouco que se aproveitou do nosso jogo, tanto pela qualidade de execução, como pelo que pode significar em termos de moral para o jogador.
Prémio Bruno Cortez
Inócuo: Voltamos aquela fase em que estamos a ver o jogo e nunca sentimos que o Benfica possa fazer um golo, tal o deserto de ideias no último terço do campo.

Benfica Gabriel
Ainda longe da melhor forma, mas luta sempre

Bitaites do terceiro anel:
  • Já me f*deste Benfica!
  • Tal como a equipa sinto-me asfixiado para escrever o que quer que seja. Por hoje é tudo.
Abraço

Espreite também: