quarta-feira, 9 de outubro de 2019


Voleibol: Fasquia elevada!

Benfica Plantel de Voleibol para a nova temporada
Plantel de Voleibol para a nova temporada
O Voleibol do Benfica que na pretérita temporada venceu tudo o que havia para vencer a nível nacional prepara-se para dar inicio à temporada 2019/20 com a disputa da Supertaça. Seguindo a lógica de que em equipa que ganha não se mexe a secção apostou na continuidade da equipa técnica e da maior parte dos elementos do plantel. Foram apenas três as saídas do clube que foram colmatadas com duas aquisições e a promoção de alguns jovens da formação.  
Marcel Matz vai ter a oportunidade de dar sequência ao excelente trabalho da última temporada que apenas pode ser melhorado com a conquista de uma competição europeia. Pela sua intervenção nas redes sociais certamente que outra conquista que o treinador terá em mente para a nova temporada é trazer cada vez mais adeptos ao pavilhão. Que o faça pelos apelos que vai fazendo, mas que o faça principalmente pela qualidade dos espetáculos proporcionados pela equipa.
Do plantel da última temporada registam-se as saídas de Bernardo Martins, Filip Cveticanin e Frederic Winters. Para colmatar essas saídas foram contratados os zona 4 André Aleixo, internacional brasileiro que já trabalhou com Marcel Matz, e Afonso Guerreiro que representa um regresso ao clube. Da formação foram promovidos ao plantel principal os jovens Manuel Rodrigues e Kelton Tavares.

Grupo de trabalho

Equipa técnica: Marcel Matz e Rodrigo Barroso.
Central: Mark Honoré, Miguel Sinfrónio, Peter Wohlfahrstatter e Zelão.
Distribuidor: Manuel Rodrigues, Nuno Pinheiro e Tiago Violas.
Líbero: Ivo Casas e João Simões.
Oposto: Hugo Gaspar, Kelton Tavares e Theo Lopes.
Zona 4: Afonso Guerreiro, André "Japa" Aleixo, André Lopes e Raphael Oliveira.

Benfica Voleibol Marcel Matz
Marcel Matz continua ao leme do Voleibol

Os protagonistas

Marcel Matz: "Fizemos uma época muito boa, alcançámos quase todos os objetivos que tínhamos traçado e a expectativa para a nova temporada é mantermo-nos no topo e trabalhar mais ainda. Há muita motivação por parte do staff, que está novamente a trabalhar para os jogadores com uma qualidade muito grande. Estamos muito preparados e ansiosos para começar e alcançar todos os objetivos que são muito claros para nós: vencer todas as competições em Portugal e tentar fazer um trabalho bem longo na Europa. Tivemos a saída do Fred Winters e do Bernardo, depois o Filip Cveticanin achámos melhor que ele saísse para uma experiência nova. E os novos jogadores estão a chegar, o Japa [André Aleixo], um jogador brasileiro semelhante ao que o Fred nos dava, o Afonso Guerreiro, que já jogou aqui, e ainda as subidas da formação. O Benfica tem uma estrutura fantástica. Quando eu trago os meus amigos brasileiros aqui eles ficam impressionados com tudo isto."
Hugo Gaspar: "Temos de dizer que esta é uma equipa que está consolidada. Manteve-se a estrutura, apenas com duas novas entradas. Agora temos de consolidar aquele trabalho todo que foi feito. Esperamos estar melhor para poder conquistar os três objetivos ao longo da época e conseguir uma grande caminhada na Liga dos Campeões. Os adeptos são sempre a nossa força. Aqui, no Benfica, nós jogamos sempre para ganhar, o objetivo é ganhar todas as competições nacionais. Este ano temos ainda a Liga dos Campeões, uma competição onde estamos para aprender, acima de tudo. Não é chegar, ver e vencer. Há equipas que já participam na Liga dos Campeões há muitos anos, para nós vai ser o primeiro. Vamos jogar, vamos aprender, vamos mostrar que temos nível – porque o temos e já o demonstrámos noutras competições – e, com a grande equipa e com o grande trabalho que fazemos todos os dias, esperamos conseguir bons resultados."
Nuno Pinheiro: "A época está a começar. Temos uma equipa que não mudou muito, o que facilita um bocadinho os processos de conhecimento e de entrosamento nesta altura da época, mas estamos todos ainda à procura da melhor condição física, estamos a crescer, mas acho que é a situação atual de todas as equipas por esta Europa fora. Vamos fazer de tudo para acelerar esta primeira fase, onde temos objetivos importantes já ao virar da esquina e temos de estar bem. Estamos a preparar-nos da melhor forma para o que aí vem. Joguei na Liga dos Campeões quando estava no Paris Volley, e é, por razões óbvias, especial poder jogar esta competição com o meu clube, que é o Benfica. Será para mim, sem dúvida, e apesar de já ter participado em várias edições, um momento muito especial."

Benfica Voleibol vitória no Torneio das Vindimas
Vitória no Torneio das Vindimas

Veja também:

Abraço

Sem comentários:

Enviar um comentário

Espreite também: