sábado, 14 de setembro de 2019


Benfica 2 - 0 Gil Vicente: Prova superada!

Blog Benfica Taarabt
Taarabt jogou e fez jogar
A 5ª jornada da Liga NOS 2019/20 disputada entre a paragem para os jogos das seleções é daqueles jogos que têm tudo para se tornarem complicados, não apenas pelo valor do adversário, que também o tem, mas principalmente pelo contexto. Apesar disso a vitória é o único resultado positivo e aceitável para continuar a somar os pontos que permitam chegar ao ligar cimeiro da liga, que é o lugar natural para o Benfica.
Bruno Lage foi mais uma vez obrigado a mexer no onze inicial por motivos de lesão, no caso Florentino que após a lesão em Braga terá paragem relativamente prolongada pela frente. Para o sue lugar entrou o sérvio Fejsa que tem andado afastado das convocatórias, mas tem qualidade e experiência mais do que suficiente para dar conta do recado no meio campo benfiquista. Apesar do jejum de golo a aposta na dupla Seferovic e RDT manteve-se.

Benfica vs Gil Vicente - Liga NOS 2019/20
Zlobin, Tomás Tavares, Jardel, Samaris, Cervi, Caio Lucas (71') e Jota (77')

Momento | Positivo | Negativo

O momento em que o Benfica nos escolhe
Primeiro golo: Surgiu num momento importante quando já se sentia que o empate prevaleceria até ao intervalo. Acabou por dar maior tranquilidade à equipa e aos próprios adeptos que já davam sinais de impaciência.
Prémio Pablo Aimar
Taarabt: Fica na retina o passe que esteve na origem do primeiro golo. Por arriscar tantos passes de rutura é que acaba por falhar mais do que o desejado. À medida que a integração na equipa for evoluindo maior será a taxa de sucesso.
Prémio Bruno Cortez
Substituição evaporada: As já tradicionais substituições tardias de Bruno Lage desta vez deram a fava a Tomás Tavares que perdeu a oportunidade de se estrear pela equipa principal. Outras oportunidades virão.

Blogs Benfica André Almeida
Mais uma assistência para André Almeida

Bitaites do terceiro anel:
  • Boa resposta da equipa num jogo com contexto complicado como acima referi. Basta ver o que aconteceu a grandes equipas europeias que também jogaram este sábado.
  • Taarabt fez um bom jogo e foi importante na circulação de bola. Ainda assim acho que lhe faltou variar o centro de jogo com maior frequência, algo que é fundamental contra estas equipas que povoam a zona central do seu meio campo.
  • Fejsa acabou por dar conta do recado e foi um bom complemento a Taarabt. É certo que o adversário não criou grandes dificuldades, mas foi importante somar os primeiros minutos da época, fundamentais para voltar a ser opção válida para o treinador.
  • Depois de falhar um penálti, uma boa ocasião de pé direito e outra de cabeça, acabou por fazer o golo da forma mais improvável: de pé esquerdo e ao aparecer ao segundo poste num canto que normalmente é ele a bater.
  • A dupla de avançados vai dando cada vez mais sinais de intranquilidade. É bom que o tal ketchup comece a sair com a frequência desejada.
  • O mala para os defesas evitarem que o RDT marque golos deve estar bem recheada. Tanta é a ânsia de o evitar que preferem fazer autogolos a ver o espanhol festejar :))
  • Vitor Oliveira vê sempre mais à frente. A adaptação de David Luiz a médio ofensivo foi de génio. Por várias vezes esteve perto de desfeitear Odysseas.
  • Segue-se a estreia na Liga dos Campeões frente ao RB Leipzig que lidera a Bundesliga. Jogo complicado frente a um adversário poderoso que importa vencer para sair na frente neste grupo tão equilibrado.
Abraço

1 comentário:

  1. a entrada do taarabt veio trazer mais fluidez ao jogo e mesmo ele falhando alguns passes, que são sempre de risco porque podem provocar rupturas, sempre é preferível falhar este tipo de passes do que falhar passes para o lado ou para trás.
    é que este se resultarem podemos tirar benefícios nos outros só temos risco e não beneficiamos em nada.

    continuo sem perceber estas substituições só para contar para a ficha de jogo mesmo que tivesse acontecido nem sequer iria dar descanso a quem ia sair e tínhamos dois ou três a necessitarem de sair isto para não falar que vamos ter menos tempo de descanso para o próximo jogo que o normal.
    é que se a substituição foi tão tardia porque o jogador ainda não tem qualidade para mais nem devia de estar era no banco.

    a dupla de ataque não funciona claramente, rdt pese embora alguns pormenores esta longe de ser o segundo avançado que precisamos e seferovic esta completamente fora de forma, e do jogo, neste momento o melhor para ele é o banco é que assim cada vez se vai queimando mais.

    ResponderEliminar

Espreite também: