sábado, 2 de março de 2019


Porto 1 - 2 Benfica: É do treino!!!

Blogs do Benfica golo de João Félix
Começam a faltar adjetivos para o João Félix
A liderança da Liga NOS 2018/19 estava em jogo na 24ª jornada com a deslocação do Benfica ao norte do país para defrontar o Porto. Quem vencesse este jogo entraria na frente na reta final da competição, com a correspondente vantagem emocional que isso acarreta. Apesar de todas as dificuldades criadas aos adeptos, a começar pela não disponibilização do habitual comboio por parte da CP, acabando na desorganização da segurança na cidade do Porto, os Bravos adeptos encarnados disseram presente a mais uma dura batalha.
Bruno Lage manteve-se fiel aquele que tem sido o seu sistema de jogo não mexendo na estrutura da equipa. O regresso de Ferro após cumprir castigo permitiu voltar a apresentar a dupla composta por Samaris e Gabriel no centro do terreno. O onze do Benfica foi composto por aqueles que têm sido as apostas do treinador sempre que disponíveis.

Porto vs Benfica - Liga NOS 2018/19
Suplentes: Svilar, Corchia (88'), Florentino, Gedson (71'), Cervi (92'), Jota e Jonas

Resultado enganador ao intervalo

O início da partida não trouxe qualquer surpresa por parte de ambas as equipas, com o Porto a apostar nos pontapés longos para o seu avançado e em ganhar as segundas bolas, enquanto o Benfica apresentou o seu jogo mais elaborado na construção. O pontapé para a frente da equipa da casa tinha também como objetivo escapar à pressão alta do Benfica que atualmente mete respeito a qualquer adversário. O equilíbrio entre ambas as posturas manteve a bola afastada das zonas de finalização.
Blogs Benfica golo de Rafa Silva
Rafa continua a faturar
Perto dos quinze minutos do jogo fica um penálti por marcar por falta sobre Pizzi, que o árbitro não descortinou e algum cortinado impediu o VAR de ver. Quando o Benfica ainda devia estar a marcar uma grande penalidade já o Porto estava a beneficiar de uma falta que acaba por dar golo após mais um problema de visão por parte de Tiago Martins. Outro Benfica poderia ter ficado afetado por estas tropelias, este vai à luta e procura mudar o rumo dos acontecimentos.
A boa reação do Benfica permitiu a aproximação à baliza do Porto, sendo o primeiro sinal dado por Pizzi que já dentro da área rematou forte para defesa do guarda-redes. Não marcou Pizzi mas marcou João Félix logo de seguida ao concluir com frieza um cruzamento de Seferovic da esquerda. Estava feita a igualdade mas antes do intervalo o Benfica poderia ter passado para a frente quando Seferovic aparece isolado sobre a esquerda mas remata à figura do guarda-redes adversário.

O milhore istaba para bir

O Benfica continuou personalizado na segunda parte do jogo, mantendo a sua identidade na procura da vitória. Rapidamente foi premiado com Rafa a tabelar com Pizzi e a fazer o segundo da partida com um remate rasteiro muito colocado. Foi reposta a justiça já que o Benfica deveria ter ido para o intervalo em vantagem.
Blog Benfica agradecimento aos adeptos
O merecido agradecimento aos adeptos
O Porto procurou reagir como lhe competia mas o Benfica ia controlando com tranquilidade os acontecimentos, não permitindo que o adversário entrasse em zonas de finalização. O jogo apenas se complica para o Benfica com a expulsão de Gabriel, que mais uma vez estava a ser o dono do meio campo, que deixou a equipa em inferioridade numérica. Apesar disso só por uma vez Odysseas foi colocado à prova, defendendo para canto um forte remate do central do Porto.
Vitória suada num terreno difícil que permitiram ao Benfica saltar para o primeiro lugar. Ainda faltam muitos jogos, mas candeia que vai à frente alumia duas vezes. Segue-se a Liga Europa com a deslocação a Zagreb, de onde só importa trazer um bom resultado para encaminhar a eliminatória.


Momento | Positivo | Negativo


O momento em que o Benfica nos escolhe
Corte de Samaris: O corte de Samaris ao minuto 73 a evitar o mais que provável golo do Porto é o momento do jogo. Merecido para um profissional de mão cheia! 
Prémio Pablo Aimar
Bolas paradas: A forma como a equipa defendeu as bolas paradas, o outro ponto forte do adversário além do pontapé para a frente, foi simplesmente perfeita. Excelente a dupla Rúben Dias e Ferro.
Prémio Bruno Cortez
Violência: O apedrejamento do autocarro do Benfica e do carro do seu Presidente não pode passar em claro. É muito perigoso para o desporto português que se encarem estas situações como algo banal.


Aqui que ninguém nos ouve:
  • Demonstração de carácter deste grupo de trabalho que tudo tem feito para dignificar o nome do clube. Demonstração de carácter, e de coragem, dos Gloriosos adeptos que se deslocaram à cidade do Porto para apoiar a equipa nesta deslocação.
  • Sei de fonte segura que Bruno Lage não ia apresentar este onze. Só depois de ouvir Sérgio Conceição a dar o onze na conferência de imprensa é que pensou: "Olha, este gajo até esgalhou um bom onze. Acho que vou jogar assim". Lição de humildade de Bruno Lage em aceitar a dica. Ficam os agradecimentos ao Sérgio. 
  • Depois de tantos processos judiciais. Todos eles com designações tão criativas por parte das nossas autoridades, podemos nomear esta grande vitória como o processo e-Touro?
  • Este Pepe é mau de carácter e neste momento da sua carreira também é mau como futebolista. Bendita a hora em que regressou ao futebol português. Tentou de tudo para que o Félix perdesse a cabeça, mas o puto é de fibra.
  • Que alguém recupere de uma rotura em tempo recorde, ok. Obra do doutor milagres! Agora como esse alguém que recuperou dessa lesão, recupera a condição física para correr 90 minutos como um cavalo, é um verdadeiro caso de estudo.

Abraço

Espreite também: