domingo, 30 de setembro de 2018


Basquetebol: Revolução inevitável

A selfie do Basquetebol no Estádio da Luz
A selfie no Estádio da Luz
O Basquetebol do Benfica regressou ao trabalho para a nova temporada 2018/19 com um plantel completamente remodelado. Após uma temporada completamente desastrada que se saldou apenas pela conquista da Taça Hugo dos Santos, mais de metade do plantel abandonou o clube em diferentes circunstâncias, seguindo o mesmo caminho que o treinador José Ricardo. Para liderar a equipa na nova temporada foi contratado o treinador espanhol Arturo Álvarez após um bom desempenho no comando do Prat Joventut do segundo escalão do país vizinho.
São vários os destaques do novo plantel do basquetebol benfiquista para a nova época. Da Oliveirense chega o extremo campeão nacional Arnette Hallman num regresso a uma casa que já conhece. O extremo Fábio Lima também com passado no Benfica chega do CAB Madeira. O base Miguel Maria chega proveniente do Vitória de Guimarães onde esteve uma temporada após várias épocas em França.
Do estrangeiro chegam os norte-americanos Quentin Snider e Micah Downs para as posições de base e extremo, respetivamente. Este último tinha dado nas vistas quando defrontou o Benfica num dos jogos da competição europeia da última época. De Espanha acompanham o treinador o extremo Álex Suárez e o poste Xavi Rey. Por último a contratação ao 1º de Agosto de Angola de um nome que traz boas recordações aos benfiquistas: Jacques Conceição, filho do histórico Jean-Jacques Conceição que tantas vezes encantou ao serviço do Benfica.
Da última temporada transitam apenas os experientes Tomás Barroso, José Silva e Cláudio Fonseca, aos quais se soma a continuidade dos jovens Aljaz Slutej, Gonçalo Delgado e Rafael Lisboa. Face a tantas alterações no plantel e à alteração no comando técnico não é fácil fazer uma previsão do que nos espera na nova temporada. Fica apenas a certeza que que o historial do Benfica obriga a que se lute com todas as forças pela reconquista do Campeonato Nacional.

Grupo de trabalho

Equipa técnica: Arturo Álvarez, Carlos Seixas e Nuno Ferreira.
Base: Aljaz Slutej, Miguel Maria, Quentin Snider e Tomás Barroso.
Base/Extremo: Jacques Conceição e Rafael Lisboa.
Extremo: Fábio Lima, José Silva e Micah Downs.
Extremo/Poste: Alex Suárez, Arnette Hallman e Gonçalo Delgado.
Poste: Cláudio Fonseca e Xavi Rey.


Benfica Basquetebol Plantel

Os protagonistas

Arturo Álvarez:"Começa agora a segunda parte da pré-temporada. Juntam-se a nós alguns dos melhores jogadores do País que voltam para defender com força a camisola do Benfica. Depois de 15/20 dias de trabalho, começa a segunda fase mais importante antes do Torneio Internacional do Benfica. Uma fase importante para continuar a crescer e para conseguir os objetivos que temos para a época. Queremos muito agradar, ganhar e começar esta época a fazer uma bonita história antes de um Benfica-Bayern em futebol. Pode ser um dia perfeito. Temos um torneio com um rival forte e de certeza que vai ser um jogo difícil como muitos que vamos encontrar durante toda a temporada"
Tomás Barroso: "As expectativas são as mesmas todos os anos: fazer tudo para ganhar todas as competições em que estamos inseridos. É essa a imagem do Sport Lisboa e Benfica e tem de ser a imagem da nossa equipa. O que eu posso dizer é que temos aqui um grupo fantástico de jogadores, mas também de pessoas e de certeza que faremos tudo para alcançar esses objetivos. Já tivemos o primeiro treino, conseguimos assimilar toda a informação que nos foi transmitida e a segunda parte da época, para nós, começa agora. Vamos entrar com todo o gás porque o tempo já é curto. Temos grandes feitos para alcançar e queremos alcançá-los o mais rapidamente possível"
Domingos Almeida Lima: "O nosso lema será o da Reconquista de uma posição onde já estivemos. Queremos ganhar todas as provas onde estamos inseridos, mas o principal objetivo é o Campeonato Nacional""

Benfica venceu o 5º Torneio Internacional de Basquetebol
Vitória no 5º Torneio Internacional de Basquetebol

Aqui que ninguém nos ouve:
  • Após uma temporada onde o planeamento pareceu feito com cabeça tronco e membros e acabou num verdadeiro caos, com a troca de jogadores fundamentais pelo meio, espera-se que um novo ciclo vitorioso comece com esta autêntica revolução.
  • Também aqui há o risco inerente à contratação de um treinador estrangeiro com pouco conhecimento da nossa liga e com poucos créditos firmados. Esperemos que seja capaz de impor as suas ideias, e que as mesmas nos conduzam aos desejados títulos.
  • Parece que o ex-treinador José Ricardo ainda tem contrato com o Benfica. Resolvam lá essa situação para enterrar de vez o passado recente.
Veja também:

Abraço

sexta-feira, 28 de setembro de 2018


Chaves 2 - 2 Benfica - Fechadura permeável

Benfica Rafa
Rafa faturou os dois golos do Benfica
A 6ª jornada da Liga NOS 2018/19 levou o Benfica a Trás-os-Montes para defrontar um Desportivo de Chaves que cria sempre muitas dificuldades a quem o visita. Os três pontos em disputa são sempre muito importantes, muito mais quando significam o garante da liderança do campeonato, já que tal como diz o ditado, candeia que vai à frente alumia duas vezes. Os Benfiquistas, apesar de muito maltratados pelo clube flaviense, quer no custo dos bilhetes, quer na proibição de utilização de adereços alusivos ao Benfica, marcaram forte presença no estádio.
Após uma fase inicial da época em que apostou tudo na estabilidade do onze titular, Rui Vitória começa a alterar mais a equipa de jogo para jogo. Para este jogo registou-se o regresso de Cervi e Rafa à titularidade nas alas e a continuidade de Gabriel entre os titulares, após a estreia frente ao Aves. Seferovic, que foi decisivo na deslocação a Chaves da última época continua a merecer a confiança do treinador.

Chaves vs Benfica - Liga NOS 2018/19
Suplentes: Svilar, Conti (16'), Samaris, Gedson (65'), Zivkovic, Jonas (80') e Castillo.

Golo a abrir e incapacidade para controlar

Ainda as equipas se estavam a adaptar às condições do terreno e já o Benfica se adiantava no marcador. Excelente abertura de Seferovic para Cervi nas costas da defensiva flaviense, Cervi levanta a cabeça e centra com conta, peso e medida para a entrada fulgurante de Rafa que inaugura o marcador. Nada melhor do que começar a ganhar após as incidências pré jogo, que colocaram em causa a realização do mesmo.
Esperava-se que o golo trouxesse tranquilidade ao Benfica e de certa forma quebrasse o ritmo do Chaves, mas aconteceu exatamente o contrário, a equipa da casa apareceu mais empolgada perante um Benfica muito adormecido. O Chaves recuperava a bola com muita facilidade e rapidamente procurava a baliza benfiquista num futebol muito rápido e objetivo. Nesta fase do jogo valeu Odysseas que por duas vezes nega o golo aos transmontanos. Entre essas duas oportunidades Jardel teve que ser substituído por Conti devido a lesão muscular.
Benfica Jardel
Esperemos que a braçadeira regresse rápido ao Guerreiro da Luz
A meio da primeira parte Gabriel fica muito perto do segundo golo ao rematar ao poste da baliza flaviense. Este lance marca o início de um período de maior equilíbrio que se estende até ao intervalo, com muita disputa de parte a parte por cada bola dividida, mas pouco futebol. A registar um bom remate de Seferovic que desvia num defesa e quase trai o guarda-redes adversário e um bom remate do Chaves que passa rente ao poste esquerdo da baliza de Odysseas.

Sofrer, reagir e voltar a sofrer

A segunda parte do jogo apresentou um Benfica mais controlado e controlador, embora nunca tenha dado a sensação de de ser senhor do jogo. Pressentia-se que o Benfica estava mais perto do segundo golo do que o Chaves do empate e a confirmar essa sensação as duas primeiras grandes oportunidades são do Benfica. Seferovic desperdiça por duas vezes num curto espaço de tempo a oportunidade de fazer o golo da tranquilidade no frente a frente com o guarda-redes.
Diz o ditado que quem não mata morre e mais uma vez isso verificou-se. Livre a meio do meio campo com o jogador do Chaves a arrancar um excelente remate que Odysseas não conseguiu defender. Já com Jonas em campo o Benfica procura reagir e voltar à vantagem no marcador e aproxima-se com mais frequência da área adversária. A reação foi premiada com o golo de Rafa que após excelente passe de Rúben Dias não falhou na cara do guarda-redes. Desta vez foi o Chaves que teve que reagir ao golo sofrido e fê-lo com competência. Já com o Benfica reduzido a dez por expulsão de Conti o avançado dos flavienses arranca mais um excelente remate para fazer o golo do empate.
Benfica Conti
Estreia interessante do argentino Conti
Não se retirando méritos à equipa do Chaves o Benfica deixou dois pontos em Trás-os-Montes que não deveria ter deixado. A tal história do ponto ganho ou dois perdidos apenas o futuro confirmará, só que no atual cenário do futebol português o Benfica não se pode dar ao luxo de desperdiçar pontos desta forma. Agora é focar na Liga dos Campeões e somar uma vitória que relance a equipa rumo à luta pelos oitavos de final.

Momento | Positivo | Negativo


O momento em que o Benfica nos escolhe
Expulsão de Conti: Ficar a jogar com dez na fase em que o Chaves ia dar tudo para chegar ao golo do empate foi fatal. Principalmente porque Rui Vitória retirou Fejsa da frente da defesa. 
Prémio Pablo Aimar
Rafa: Mais dois golos dando sinais de que o problema com as balizas vai ficando definitivamente para trás das costas.
Prémio Bruno Cortez
Lesão de Jardel: Mais uma lesão num momento da época de exigência máxima. Esperemos que o Guerreiro regresse brevemente.


Aqui que ninguém nos ouve:
  • Globalmente fizemos uma exibição pouco conseguida. Se queremos a tal reconquista de que se fala temos que elevar, e muito, os níveis exibicionais. Ninguém nos vai dar nada de mão beijada, nem tem que dar.
  • Gostei da resposta de Conti a uma entrada em jogo num contexto difícil. Deixa boas sensações. Pena a "capelada" da ordem que já "rezava" por uma oportunidade como esta para meter a "cruz" no Benfica.
  • Alguém me consegue explicar a barreira, ou falta dela, no primeiro golo do Chaves?!
  • Se o senhor árbitro auxiliar assinala o fora-de-jogo no início da jogada se calhar o Jardel não se tinha lesionado. Estranhamente só assinalou quando a bola saiu do campo.
  • Ainda bem que o João Félix não foi titular. Os pais só o deixam sair de casa até às 22h.

Abraço

quinta-feira, 27 de setembro de 2018


Luisão: #ObrigadoCapitão

Benfica despedida de Luisão

"Olho para todo o lado e vejo 'Obrigado, Capitão', mas chegou a hora de ser eu a dizer: Obrigado, SL Benfica, do fundo do meu coração."


"Obrigado pelas inesquecíveis memórias enquanto adepto e pelo exemplo a seguir enquanto jogador." - Alex Pinto

"Uma honra e um privilégio trabalhar e aprender contigo! És um enorme orgulho e exemplo para a família Benfica, grande Capitas 🙌 #EPluribusUnum." - André Almeida

"OBRIGADO CAPITÃO 🙏🙌❤️🏆 A escolha da foto é óbvia, os verdadeiros sabem o local e o contexto... quando nos atacavam eras o primeiro a dar a cara contra tudo e todos! Muitos não sabem o legado que deixas, dentro e fora de campo... mas quem conviveu contigo e partilhou o balneário com a tua personalidade e o teu caráter, sabe bem o quanto isso marca! Obrigado por tudo... como colega, amigo, mas acima de tudo, como adepto do @slbenfica" - André Horta

"Capita @luisao4oficial confesso que fazer este post em sua homenagem, não é nada fácil, pois é olhar para trás e ver tantos momentos felizes juntos. Que você seja feliz nesta nova fase que se inicia. Grande abraço e desfrute deste dia!!!🏆🏆🏆." - Artur

"Lembro-me desde pequenino com os meus 11 anos quando cheguei ao SL Benfica, ver os jogos e pensar. 'Um dia quero jogar ao lado do capitão' e assim foi! Hoje com todo o orgulho posso dizer que consegui, és um exemplo para todos. Obrigado por tudo. " - Bruno Varela

"Obrigado Capitão." - Franco Cervi

"Irmão, não poderia deixar de te parabenizar pela linda carreira, de muita honestidade, alma, amor e respeito por onde quer que passaste!! E te agradecer por tudo que fez por mim e pelo nosso Glorioso @slbenfica! Nosso eterno capitão!!!" - David Luiz

"Obrigado Capitão." - Diogo Gonçalves

"Foi um prazer compartilhar bons momentos com você e aprender muitas coisas. Para os mais novos você é um grande exemplo do que é a mística Benfiquista." - Ederson

Benfica Chegada de Luisão
Como os anos passam depressa

"Um prazer jogar com você grande capitão, é exemplo para todos os seus (nossos) companheiros de equipa, vamos sentir sua falta para celebrar juntos títulos no futuro, você será para sempre parte de nós benfiquistas, obrigado por tudo o que você dá para todos nós." - Fejsa

"Foi um prazer te conhecer e jogar 6 anos a teu lado. Tivemos muitas batalhas a lutar juntos, os benfiquistas devem estar orgulhosos de ti por todos os anos e títulos que conquistaste para eles." - Nico Gaitan

"#ObrigadoCapitão" - Gedson Fernandes

"CAPITÃO falta-me palavras para expressar meu sentimento! Quero te dizer q foi um orgulho enorme de ter jogado ao seu lado e partilhado em quase 8 anos com um pouco da sua carreira e história, não foram 15 dias, mais sim 15 anos dentro do Benfica. Obrigado nego véio por tudo!! Obrigado nosso CAPITÃO!! Te desejo a maior felicidade do mundo nessa sua nova caminhada!! JUNTOS SEMPRE CAPITÃO 💪🏻💪🏻 !!" - Jardel

"Obrigado capitão! Um orgulho autêntico por ter jogado ao seu lado no nosso @slbenfica, toda a sorte do mundo nesta nova etapa. Exemplo em todos os aspectos 🙌🏻🦅❤️." - Javi García

"A imagem fala por si." - João Félix

"Partilhámos palavras e aquilo que teremos para sempre: o amor e respeito ao Sport Lisboa e Benfica. Obrigado pelo exemplo, capitão. " - João Pais

"Obrigado Capitão Luisão! Percurso incrível de superação, qualidade, liderança e títulos! Orgulho e Exemplo! Maiores sucessos na próxima etapa! " - João Tralhão

Benfica Luisão conquista do inédito Tetra
O Capitão do inédito Tetra, o seu número eterno

"Obrigado Capitão! Não poderia começar de outra forma. Foi e continuarás sendo um grande exemplo dentro e fora de campo, com seu caráter, profissionalismo e humildade, uma honra estar com você durante todos esses anos. Obrigado por tudo meu amigo." - Jonas

"Obrigado, Luisão." - José Gomes

"PARABÉNS CAPITÃO pela linda carreira, pela linda história construída junto ao @SLBenfica merecida homenagem, privilégio ter jogado ao teu lado. #carregabenfica." - Júlio César

"Recordo com enorme nostalgia o dia em que, no velhinho Estádio da Luz, recebi um rapaz franzino no corpo, mas enorme na alma e na entrega. Agora, olho para um profissional que se despede orgulhoso dos relvados. Não levas o símbolo do clube na camisola, mas nem é preciso que o vejam, porque o tens no coração"" - Luis Filipe Vieira

"No final o Luisão fechou todo o grupo no balneário, sem mais ninguém. Falou com o grupo e chamou-nos a atenção, dizendo que o Benfica não era aquilo e que não podia voltar a repetir-se. Foi um discurso crítico, mas positivo. A liderança dele era assim." - Léo

"O preparador físico era um espanhol chamado Fernando Gaspar e só o punha a subir a escadaria, descer a escadaria, subir a escadaria, descer a escadaria. Todos os dias 30 ou 40 minutos disto. Nós estávamos a treinar e olhávamos para ele com pena. Mas ele, do alto dos seus quase dois metros, não desistia. O que prova como nada lhe foi dado." - Moreira

"Grande jogador, grande capitão. Muito boa pessoa, lutou sempre pelo clube. Merece todo o respeito do mundo do futebol. Era um tipo que nunca queria perder. Fazia todos os treinos a 100 por cento." - Katsouranis

"Obrigado amigo!! 🙌🏼 " - Lazar Markovic

"Foi Uma honra ser seu companheiro e ter compartilhado bons momentos con você. Sempre foste um exemplo para nós. Desejo-te o melhor, Deus te abençoe. OBRIGADO CAPITÃO" - Lisandro Lopez

"Grande capitão @luisao4oficial, muito obrigado por tudo, foi um prazer! Eu aprendi muito com você e nunca vou esquecer isso! Desejo a você e sua adorável família tudo de bom no futuro." - Nemanja Matic

"Obrigado Luisão! Foi um prazer e um orgulho Capitão! 💪🙏🏻" - Nuno Gomes

"CAPITÃO estou orgulhoso e agradecido por ter partilhado o balneário contigo, por ter feito parte da tua história tão bonita, de ver de perto o GRANDE profissional e ser humano que és. Obrigado por tudo e boa sorte nesta tua nova etapa da tua vida." - Paulo Lopes

"Meu capitão foi um enorme prazer ter partilhado balneário e campo contigo! És um exemplo de dedicação, trabalho e acima de tudo de humildade. Agradeço-te todos os ensinamentos e por termos vivido tantas alegrias juntos! OBRIGADO CAPITÃO 🙌🏻👏🏻🙏🏻." - Pizzi

"Quando cheguei ao Benfica o Luisão ainda não era capitão, mas já tinha espírito de liderança. Gostava de integrar os novos no plantel e até nos convidava para um churrasco em casa dele. Tratava os novos sempre da melhor forma, levava-os para casa e identificava-os com a mística do Benfica." - Quim

"Uma vénia ao Capitão, obrigado." - Rafa Silva

"Luisão agora vais-te sentar ali comigo a ver os jogos e vamos chamar-lhes nomes cada vez que falharem um passe." - Rúben Amorim

Benfica Luisão o golo mais importante
O famoso golo frente ao Sporting

"Poder ter estado lá dentro, onde todo o trabalho de uma vida "nossa" faz sentido, ao teu lado foi um verdadeiro prazer e orgulho! Sempre Juntos Capitão!❤️👊🏼" - Rúben Dias

"Eu não tenho palavras para agradecer todos esses anos jogando juntos... Você é um exemplo de pessoa e jogador, mas para mim você foi um exemplo em tudo. Você foi um grande profissional que sempre tentarei imitar. Obrigado CAPITÃO, obrigado." - Toto Salvio

"Obrigado por tudo gigante, dentro e fora do campo. Aprendi muita coisa contigo, cresci como pessoa e valorizo cada minuto que passamos juntos desde a minha chegada. Obrigado do fundo do meu coração amigo. OBRIGADO CAPITÃO. ❤️❤️❤️❤️" - Samaris

"Foi uma honra partilhar o balneário contigo Capitão, foste um exemplo de humildade e esforço nestes teus anos gloriosos da tua carreira." - Saviola

"Obrigado @luisao4oficial pelas boas-vindas, um grande prazer em conhecê-lo! Um exemplo dentro e fora do campo👌🏼Respeito!" - Sébastien Corchia

"Obrigado Capitão" - Seferovic

"Mereces todo o nosso respeito, um exemplo para todos, jogador com mais títulos (20), passamos por imensas dificuldades onde muitas vezes não podíamos treinar, obrigado por tudo capitão, tenho a certeza que vais continuar a passar os valores do Benfica." - Simão Sabrosa

"As primeiras semanas criaram um grande impacto em mim, porque cada vez que o Luisão abria a boca para falar dava-nos uma bronca enorme, as nossas orelhas ficavam a arder. As primeiras semanas com o capitão foram complicadas, foram muito difíceis, muitas broncas em cima de nós. Mas a verdade é que nesse ano ganhamos tudo em Portugal." - Siqueira

"Foi um prazer jogar com você. Grande Luisão, muito respeito." - Svilar

"Obrigada capitão! Sempre um exemplo! Boa sorte nesta nova fase!" - Telma Monteiro

"15 anos de SL Benfica. Obrigado, Capitão!" - Tomás Barroso

"#ObrigadoCapitão" - Odysseas Vlachodimos

"Enorme prazer aprender contigo." - Yuri Ribeiro

"Obrigado Capitão!" - Zivkovic


Abraço

quarta-feira, 26 de setembro de 2018


Conquistas à Benfica! - II

Benfica vencedor da Supertaça de Futsal Feminino
A equipa de Futsal Feminino do Benfica conquistou no Pavilhão Jorge Anjinho em Coimbra a 4ª Supertaça no seu historial, vencendo a equipa do Novasemente por 4-3.
Foi um jogo muito emotivo em que o resultado esteve em aberto até ao apito final, com Benfica sempre a liderar o marcador apesar da boa réplica adversária. Janice Silva abriu o marcador, mas a resposta do Novasemente foi imediata, restabelecendo a igualdade. Ainda antes do intervalo Beatriz Sanheiro recoloca o Benfica na liderança.
Após o intervalo as visitantes rapidamente chegam ao empate. Foi nessa altura que apareceu a capitã Inês Fernandes com dois golos consecutivos. Parecia que o vencedor estava encontrado, mas o Novasemente reduziu e voltou a trazer emoção ao jogo. Mesmo em cima do final da partida a bola ainda embate na barra da baliza benfiquista, mas o resultado não mais se alterou.
Esta equipa de Futsal Feminino não se cansa de vencer. Começa a nova temporada com o mesmo desempenho que tem apresentado nas últimas épocas, ou seja, conquistando títulos atrás de títulos para o Museu Cosme Damião.
Benfica vencedor da Supertaça de Futsal Feminino
Benfica vencedor da Supertaça de Futsal Feminino

Equipa técnica: Bruno Fernandes, Nuno Aguilar, Pedro Alves, Diogo Patrica e Inês Pires.
As Vencedoras: Bety Delgado, Inês Fernandes, Janice Silva, Sara Ferreira, Cláudia Pereira, Patrícia Mexia, Cátia Batista, Beatriz Silva, Maria Pereira, Beatriz Sanheiro, Raquel Santos e Ana Mendonça.

Parabéns Campeãs!!!

segunda-feira, 24 de setembro de 2018


Benfica no Pavilhão - resultados da semana IV


Benfica Andebol Masculino

Campeonato Nacional

4ª Jornada: Boa Hora 23 - 26 Benfica
7ª Jornada: Benfica 40 - 18 Arsenal da Devesa
Jogaram: Hugo Figueira, Miguel Espinha, Davide Carvalho (7), João Pais (3), Belone Moreira (5), Paulo Moreno (1), Ricardo Pesqueira (2), Artur Patrianova (2), Carlos Martins (4), Nuno Grilo, Alexandre Cavalcanti (11), Francisco Pereira (1), Fábio Vidrago (4) e Ales Silva.
Classificação: 1º Lugar - 5J 5V 0E 0D 15P
Próximo jogo: 5ª Jornada - Avanca - Benfica (26/09/2018 - 21:00)

Supertaça

VENCEDOR: Benfica 29 - 24 Sporting


Benfica Basquetebol Masculino

FIBA Europe Cup

Próximo jogo: 2ª Elim. - 1ª Mão - Dínamo Sassari (IT) - Benfica (03/10/2018 - 19:30)


Benfica Futsal Feminino

Campeonato Nacional

Próximo jogo: 1ª jornada - Venda da Luísa - Benfica (29/09/2018 - 19:00)

Supertaça

VENCEDOR: Benfica 4 - 3 Novasemente 
Jogaram: Bety Delgado, Inês Fernandes (2), Janice Silva (1), Sara Ferreira, Cláudia Pereira, Cátia Batista, Beatriz Silva, Patrícia Mexia, Maria Pereira, Beatriz Sanheiro (1), Raquel Santos e Ana Mendonça.


Benfica Futsal Masculino

Liga Sport Zone

1ª Jornada: Leões Porto Salvo 0 - Benfica
2ª Jornada: Benfica 6 - 0 Futsal Azemeis
Jogaram: Diego Roncaglio, Marc Tolrà, Fábio Cecílio, Robinho, Raul Campos, André Correia, Bruno Coelho (3), Silvestre Ferreira, André Coelho, Miguel Ângelo (1), Afonso Jesus, Fits (1) e Rafael Henmi.
Classificação: 3º Lugar - 2J 2V 0E 0D 6P
Próximo jogo: 3ª Jornada - Eléctrico - Benfica (30/09/2018 - 14:20)


Benfica Hóquei em Patins Feminino

Torneio de Abertura da APL

3ª Jornada: Juventude Salesiana 0 - 18 Benfica
4ª Jornada: Benfica 5 - 3 Stuart de Massamá
Golos: Rita Lopes (4)  Rute Lopes (1).
Classificação: 1º Lugar - 4J 4V 0E 0D 12P
Próximo jogo: 6ª Jornada Benfica - AC Tojal (30/09/2018 - 15:00)


Benfica Hóquei em Patins Masculino

Campeonato Nacional

Próximo jogo: Sporting - Benfica (14/10/2018 - 15:00)


Benfica Voleibol Masculino

Supertaça

Próximo jogo: Benfica - Sporting (05/10/2018 - 19:00)


Abraço

domingo, 23 de setembro de 2018


Benfica 2 - 0 Aves - Massacrar e relaxar

Benfica João Félix
Estreia de sonho para João Félix
Três semanas após a deslocação à Madeira onde venceu e equipa do Nacional da Madeira, O Benfica recebeu o Desportivo das Aves em jogo a contar para a 5ª jornada da Liga Nos 2018/19. A vitória significava a liderança do campeonato, podendo ser isolada ou não consoante o resultado do jogo entre o Braga e o Sporting. Numa tarde quente a convidar uma ida à praia, os adeptos não deixaram de marcar presença no Estádio da Luz com mais uma excelente casa.
O onze apresentado por Rui Vitória trouxe novidades em relação ao que tem sido habitual. O reforço Gabriel estreou-se a titular após ter sido suplente utilizado contra a Bayern de Munique. João Félix também teve a sua estreia a titular com a camisola da equipa A do Benfica num jogo oficial. Os "sacrificados" para estas duas estreias foram Gedson e Cervi, dois dos jogadores mais utilizados até ao momento. De salientar a primeira presença de Bruno Varela no banco dos suplentes e, principalmente, o regresso de Jonas ao lote das opções.

Benfica vs Aves - Liga NOS
Suplentes: Bruno Varela, Samaris, Gedson, Cervi (53'), Rafa (82'), Castillo e Jonas (72')

Curto para tanto domínio

Foi avassaladora a entrada em jogo do Benfica encostando por completo a equipa do Aves à sua grande área. A bola circulava com segurança e velocidade entre os jogadores benfiquistas, com boas incursões por ambos os corredores onde o talento dos seus jogadores ia fazendo a diferença. Impossível não destacar o papel de João Félix neste momento da equipa. Seferovic dava os apoios centrais necessários deixando o espaço na grande área para o aparecimento dos alas.
E foi assim que logo a abrir Salvio aparece em excelente posição para abrir o marcador, mas não remata da melhor forma. Quase de seguida o mesmo Salvio vê a bola ser defendida pelo guarda-redes. Não há duas sem três e assistido por Pizzi, Salvio no frente a frente com o guarda-redes não consegue levantar devidamente a bola. O domínio era total mas não se traduziu em golos. O Aves acaba por sacudir um pouco a pressão a meio da primeira parte.
Benfica Cervi
Cervi entrou e marcou
Um bom remate de Seferovic de pé esquerdo que desvia num adversário dá início a um novo vendaval benfiquista. Seferovic volta a tentar mas desta vez de pé direito mas o guarda-redes defende. De seguida o suíço tem uma excelente assistência para Pizzi que num autêntico penalti em movimento vê o adversário cortar em cima da linha. Adivinhava-se o golo e o mesmo surge após mais uma assistência de Pizzi que João Félix finaliza com classe de pé esquerdo. Justiça no marcador que o seria ainda mais se o excelente remate de Salvio ao poste tem entrado. Antes do intervalo Odysseas nega o golo ao Aves com uma excelente defesa para canto.

Reentrar como se estivéssemos a golear

A segunda parte trouxe um Aves mais afoito e um Benfica a viver de rendimentos. Odysseas nega o golo aos visitantes numa defesa espetacular a um livre direto. O Benfica não conseguia ligar o jogo com segurança e muitas perdas de bola iam proporcionando aos velozes jogadores visitantes lances que iam criando cada vez mais instabilidade na equipa encarnada. Felizmente a baliza manteve-se inviolada.
Benfica Jonas
Jonas regressou aos relvados
Ao contrário da primeira parte o Benfica chega ao golo praticamente na primeira oportunidade com Cervi a concluir com alguma felicidade um cruzamento da direita de André Almeida. O golo trouxe tranquilidade ao Benfica e quebrou o ímpeto dos visitantes pelo que o jogo passou a ser disputado mais a meio campo. Um remate de meia distância defendido por Odysseas e um cabeceamento à barra de Jardel são os lances de registo até ao intervalo. Houve tempo ainda para Jonas regressar aos relvados e Grimaldo se lesionar e ter que ser substituído.
Vitória importante no regresso aos jogos da liga, frente a uma das boas equipas da competição. Os três pontos garantem a liderança ao Benfica que pode ser isolada. Agora há que trabalhar para a difícil deslocação a Trás-os-Montes para defrontar o Chaves.


Momento | Positivo | Negativo


O momento em que o Benfica nos escolhe
Golo João Félix: Um golo à Félix, frieza e classe na zona onde os comuns mortais tremem. Será certamente o segundo ;)) de muitos. 
Prémio Pablo Aimar
Odysseas: As defesas ao fechar a primeira parte e a abrir a segunda, mantendo a magra vantagem foram fundamentais para o resultado final. Continua a demonstrar que foi uma aposta acertada.
Prémio Bruno Cortez
Lesões: Não há bela sem senão. Após uma estreia de sonho, chega o pesadelo da lesão de João Félix. Mais tarde o azar bateu à porta de Grimaldo. Que não seja nada de grave em ambos os casos.


Aqui que ninguém nos ouve:
  • Com tanta qualidade e o regresso de jogadores como Corchia, Jonas e Krovinovic, não tenho dúvidas que parte do sucesso da época vai passar pela capacidade de Rui Vitória gerir/motivar o balneário.
  • Esta situação de entrar para a segunda parte como se as oportunidades de golo da primeira tivessem entrado, podia ter dado mau resultado. Atenção Benfica que apesar da boa exibição o resultado estava num magro 1-0.
  • Alô VAR, está aí alguém?
  • Michael Manniche disse em declarações à BTV que tinha toneladas de histórias para contar dos seus tempos de Benfica. Conta, Manniche, conta.
  • Cada golo do João Félix será sempre aqui assinalado com os devidos agradecimentos ao clube que o dispensou.

Abraço

sexta-feira, 21 de setembro de 2018


Hóquei em Patins: Agora ou nunca

A selfie do Hóquei Patins no Estádio da Luz
A selfie no Estádio da Luz
O Hóquei em Patins do Benfica regressou ao trabalho para a temporada 2018/19 com o objetivo de voltar aos títulos que pelos mais variados motivos escaparam nas últimas duas épocas. O clube manteve a aposta em Pedro Nunes na liderança técnica da equipa, mas a mesma continuidade não se verificou ao nível do plantel que se tinha mantido praticamente inalterado nos últimos anos e desta vez teve mexidas significativas.  
Os históricos Guillem Trabal e João Rodrigues saíram para dar continuidade às suas carreiras fora de Portugal. Também o menos sonante, mas não menos importante, Tiago Rafael deixou o Benfica rumo aos espanhóis do Reus. Para compensar as saídas foram contratados os consagrados Albert Casanovas e Lucas Ordoñez, vindos do Reus e Barcelona, respetivamente. Para a baliza chega do Turquel o experiente Marco "Tuga" Barros e os reforços completam-se com Xavier Cardoso vindo do Valongo.
Da temporada passada transitam Pedro Henriques, Diogo Rafael, Valter Neves, Vieirinha, Carlos Nicolia, Jordi Adroher e Miguel Rocha. O plantel do Benfica tem qualidade para lutar por todos os títulos, quer a nível nacional, quer a nível internacional. Com o esforço de todos em prol do coletivo, certamente que a temporada terminará com um bom contributo para o enriquecimento do Museu Cosme Damião.

Grupo de trabalho

Equipa técnica: Pedro Nunes e Tiago Vaz.
Guarda-redes: Marco "Tuga" Barros e Pedro Henriques.
Defesas/médios: Albert Casanovas, Diogo Rafael, Valter Neves, Xavier Cardoso e Vieirinha.
Avançados: Carlos Nicolia, Jordi Adroher, Lucas Ordoñez e Miguel Rocha.


Benfica Hóquei Patins Plantel

Os protagonistas

Pedro Nunes:"Mais importante do que pensarmos no início do Campeonato é pensarmos na época toda. O primeiro adversário é o atual campeão nacional, mas isso não nos tira o sono. Acho que é prematuro estar a lançar esse jogo quando temos um período preparatório para cumprir e para nos prepararmos para uma longa época desportiva de acordo com os pergaminhos do Benfica: ambição de conquistar títulos. Tem de haver humildade, trabalho, determinação, ambição e compromisso entre todos para que possamos atingir os objetivos. O Campeonato Nacional é o nosso grande objetivo, mas vamos olhar para todas as competições com a ambição que caracteriza esta equipa. É uma dor saudável para o treinador e um desafio enorme para todos os jogadores. É mais uma opção e acho que é mais uma medida em que a médio prazo o hóquei vai ter de evoluir. Todas as outras modalidades de pavilhão que são jogadas com cinco jogadores têm mais do que cinco jogadores no banco de suplentes e, se calhar, deixo aqui o repto às instâncias federativas e organismos internacionais que superintendem a modalidade"
Valter Neves: "As expectativas são sempre as mesmas, quem representa o Benfica sabe que aqui temos de trabalhar sempre no máximo nível, treino após treino, jogo após jogo, para conquistarmos mais títulos. Para mim, continua a ser um orgulho poder representar o Benfica e poder fazer parte desta equipa, sendo que, nesta fase, o que mais importa é integrar jogadores, criar rotinas. Temos reunidas todas as condições para fazermos uma boa época."
Domingos Almeida Lima: "Os objetivos nesta casa são sempre os mesmos. Para quem veste esta camisola, só a vitória interessa. Infelizmente nos dois últimos anos – por razões desportivas e outras não desportivas – a vitória no Campeonato Nacional escapou-nos. Vamos esquecer o passado e centrar-nos no presente e no futuro, e o que nos interessa é todo este espírito em que o Benfica está imbuído de reconquista. Vamos todos ter um pensamento de reconquista, de ganhar novamente a liderança do hóquei em patins nacional e internacional, porque esta equipa tem competência para isso. São estas as expectativas e os desejos para este grupo de trabalho. Que tudo corra sem situações que prejudiquem a concretização destes objetivos"

Benfica Oliveira do Hospital
Preparação também passou por Oliveira do Hospital

Aqui que ninguém nos ouve:
  • À imagem do Futsal, também me parece que está aqui a última oportunidade para Pedro Nunes. Espera-se uma boa gestão do plantel. Não adianta nada aumentar o número do plantel para 11 jogadores, se o treinador apostar sempre nos mesmos.
  • Uma palavra de apreço para Guillem Trabal que passeou a sua classe pelos pavilhões portugueses durante cinco anos. Obrigado pelo contributo para a recuperação de um Benfica à Benfica no hóquei em patins.
  • E para começar bem a época, venha daí essa Supertaça! Ups, não estamos lá :((
Veja também:

Abraço

quarta-feira, 19 de setembro de 2018


Benfica 0 - 2 Bayern - Quem dá o que tem...

Benfica Jardel
Grande exibição do Capitão Jardel
Clássico europeu no Estádio da Luz para a estreia na fase de grupos da Liga dos Campeões 2018/19 com o Benfica a receber os alemães do Bayern de Munique. O adversário não era o mais indicado para deixar para trás a péssima prestação da época transata. Ainda assim se o Benfica pretende fazer parte da elite do futebol europeu tem que encarar estes jogos com a tranquilidade das grandes equipas. Os adeptos disseram presente neste importante jogo de abertura da fase de grupos da Champions com a melhor casa da temporada até à data: mais de sessenta mil.
Rui Vitória voltou ao onze que tem sido mais habitual após as alterações efetuadas no jogo da Taça da Liga. Dessa forma Odysseas, Rúben Dias, Grimaldo, Fejsa e Cervi voltaram aos eleitos substituindo Svilar, Conti, Yuri Ribeiro, Alfa Semedo e Rafa. Apesar de se apresentar fisicamente recuperado, Castillo continuou no banco, com Rui Vitória a manter a aposta em Seferovic.

Liga dos Campeões Benfica Bayern de Munique
Suplentes: Svilar, Conti, Alfa Semedo, Gabriel (62'), Zivkovic (75'), Rafa (62') e Castillo.

Sofrer, reagir e sobreviver

Como quase todos os primeiros jogos de qualquer competição, também este confronto entre Benfica e Bayern começou com muitas cautelas de parte a parte, com ambas as equipas a praticarem um jogo muito pausado e cauteloso. A primeira vez que se regista uma aceleração do jogo, com uma boa incursão pelo lado esquerdo do ataque alemão, Lewandowski tem um excelente trabalho dentro da área e inaugura o marcador.
O Benfica acusou muito o golo e nos minutos seguintes foi Odysseas por duas vezes a evitar o segundo golo do Bayern. Primeiro numa saída aos pés do avançado alemão e depois numa defesa segura a remate de fora da área. O apoio dos adeptos ajudou a equipa a sacudir a pressão adversária ultrapassando esta fase mais complicada. Uma recuperação de bola de Salvio em zona ofensiva seguida de remate com o pé esquerdo foi o primeiro sinal do inconformismo benfiquista.
Benfica Adeptos
Adeptos ampararam a equipa no momento mais difícil
Os jogadores do Benfica foram-se soltando e ganhando confiança conseguindo equilibrar o jogo que passou a repartir-se por ambos os meios campos. Por várias vezes a bola rondou a baliza do Bayern faltando algum acerto e objetividade no último passe. Mesmo assim o único lance de verdadeiro perigo para o Benfica resulta de um passe atrasado de Pizzi para Salvio que proporcionou ao guarda-redes adversário uma excelente defesa. Antes do intervalo Odysseas volta a brilhar com uma grande defesa a remate de Robben que manteve o jogo vivo.

Faltou o golo que incendiasse a Luz

O começo da segunda parte é uma fotocópia da primeira com o Bayern a chegar ao segundo golo num contra-ataque que leva a bola ao flanco esquerdo num movimento muito idêntico ao do primeiro golo que desta vez permitiu a Renato Sanches concretizar o segundo da noite. Ao contrário da primeira parte o Benfica não acusou o golo e reagiu quase de imediato com um bom remate de Seferovic rente ao poste.
Logo de seguida foi Rúben Dias a cabecear para uma excelente defesa de Manuel Neuer para canto. Na sequência do canto é Jardel a ganhar nas alturas mas o cabeceamento sai à figura do guarda-redes. Rui Vitória refresca a equipa com as entradas de Rafa e Gabriel e o Benfica mantém-se ligado ao jogo. Gedson tem um bom remate à meia volta já dentro da área e Gabriel imita Seferovic a rematar muito perto do poste esquerdo.
Benfica Renato Sanches
Aplaudir ou não, eis a questão
Já com Zivkovic em campo Rafa tem uma iniciativa pela esquerda e coloca a bola com conta peso e medida na cabeça do sérvio que não conseguiu dar a melhor sequência ao lance. O Benfica ia recuperando muitas bolas no meio campo adversário mas raramente conseguiu transformar essas recuperações em lances de perigo. O melhor que fez foi numa dessas recuperações Gabriel voltar a rematar junto ao poste. Não apareceu o desejado golo e consumou-se a derrota encarnada.
Não foi uma estreia positiva na Liga dos Campeões, mas dado o poderio do adversário e a forma como o jogo decorreu também não foi uma derrota desmoralizadora. Agora espera-se concentração total na receção ao Desportivo das Aves para a Liga NOS para voltar às vitórias e manter a liderança da liga.


Momento | Positivo | Negativo


O momento em que o Benfica nos escolhe
Cabeceamento de Rúben Dias: Foi talvez a melhor oportunidade de golo do Benfica. Da forma como o jogo estava acredito que se aquela bola entra a equipa, embalada pelos adeptos, conseguiria evitar a derrota. 
Prémio Pablo Aimar
Jardel: Grande jogo do Capitão. Imperial em todos os momentos defensivos e ainda tentou o golo na área adversária. À Benfica quando foi meter o puto do Bayern na linha.
Prémio Bruno Cortez
Segundo golo: A este nível não se admite que uma bola saia de junto da bandeirola de canto da baliza adversária e só pare dentro da nossa baliza, com três jogadores a hesitar entre fazer falta sobre o adversário ou não. As faltas são para se fazer e os amarelos levam-se quando fizer falta.


Aqui que ninguém nos ouve:
  • Nestes jogos contra equipas deste poderio fica sempre a dúvida se estamos a conseguir dar luta ou se o adversário nos está a deixar jogar. Fica-me sempre a sensação que se precisarem, aceleram e resolvem.
  • A entrada do Gabriel deu para perceber que uma das pechas da equipa pode ser colmatada, o poder de fogo de fora da área.
  • Gostei do critério largo da arbitragem no aspeto técnico, mas não bateu certo com o rigor nos amarelos. Fejsa e Jardel foram amarelados à primeira e em faltas normalíssimas. O mesmo aconteceu com Hummels, o central alemão.
  • Aplausos ao Renato? Confesso que não concordo com os aplausos com o jogo a decorrer, mas respeito quem o fez. No final do jogo, sim, já me parece mais natural.

Abraço

segunda-feira, 17 de setembro de 2018


Benfica no Pavilhão - resultados da semana III


Benfica Futsal Feminino

Supertaça

Próximo jogo: Final - Benfica - Novasemente (22/09/2018 - 17:00)


Benfica Futsal Masculino

Campeonato Nacional

1ª Jornada: Leões Porto Salvo 0 - Benfica
Jogaram: Diego Roncaglio, Marc Tolrà, Rafael Henmi, Robinho, Fernandinho (1), André Correia, Martim Figueira, Bruno Coelho (1), Silvestre Ferreira, Afonso Jesus, Fits, André Coelho, Miguel Ângelo e Fábio Cecílio (2).
Classificação: 3º Lugar - 1J 1V 0E 0D 3P
Próximo jogo: 2ª Jornada - Benfica - Futsal Azemeis (23/09/2018 - 16:00)


Benfica Andebol Masculino

Campeonato Nacional

3ª Jornada: Benfica 35 - 21 CCR Fermentões
4ª Jornada: Boa Hora 23 - 26 Benfica
Jogaram: Hugo Figueira, Borko Ristovski, Miguel Espinha, Davide Carvalho (1), Daniel Neves, João Pais (1), Belone Moreira (7), Paulo Moreno, Ricardo Pesqueira (1), Artur Patrianova (1), Carlos Martins (2), Nuno Grilo (2), Alexandre Cavalcanti (2), Francisco Pereira, Fábio Vidrago (2) e Ales Silva (2).
Classificação: 1º Lugar - 4J 4V 0E 0D 12P
Próximo jogo: 7ª Jornada - Benfica - Arsenal Devesa (22/09/2018 - 16:00)

Supertaça

VENCEDOR: Benfica 29 - 24 Sporting


Abraço

Espreite também: