sábado, 28 de abril de 2018


Benfica vs Tondela - Pouca cabeça

Benfica Futebol Cervi
Tropeção no momento decisivo
A vitória na receção ao Tondela em jogo da 32ª jornada da Liga NOS 2017/18 era o único resultado possível para manter viva a possibilidade de vencer o campeonato. A vitória e os respetivos três pontos eram o garante de liderança no campeonato mantendo a pressão sobre o primeiro classificado.
Algumas mazelas físicas com Fejsa e Jardel levaram Rui Vitória a dar a titularidade a Luisão e Samaris. Era o regresso do capitão aos relvados após longa ausência. Apesar de estarem em risco para  próxima jornada, Rúben Dias e Grimaldo mantiveram a titularidade. Ao contrário do que era esperado Cervi manteve a titularidade continuando Salvio no banco dos suplentes.
Onze inicial: Varela, André Almeida (Douglas 30'), Luisão, Rúben Dias, Grimaldo, Samaris, RafaPizzi, Zivkovic (Seferovic 62'), Cervi (Salvio 45') Raúl Jiménez.
Suplentes: Svilar, Douglas, Keaton Parks, João Carvalho, Salvio, Diogo Gonçalves e Seferovic.

Lentidão de um lado eficácia do outro

Foi um Tondela personalizado que se apresentou na Luz jogando de igual para igual com o Benfica. Os primeiros minutos foram repartidos com ambas as equipas a privilegiarem a segurança na posse de bola em detrimento do risco. Foi por isso de forma inesperada que apareceu o golo do Benfica numa assistência de Rafa que Pizzi não desperdiçou.
Benfica Futebol Rúben Dias
Muita entrega e pouca cabeça da equipa
O golo trouxe o melhor Benfica da primeira parte com o Tondela a acusar muito o golo sofrido. Jogou-se sempre muito perto da área do Tondela mas com alguma lentidão de processos que permitiu aos visitantes algum conforto defensivo. O domínio traduziu-se em dois bons remates, primeiro Zivkovic e depois Cervi, que proporcionaram excelentes defesas ao guarda-redes adversário.
Quando menos se esperava surge o golo do Tondela após perda de bola de Cervi que permitiu aos visitantes encontrar o espaço nas costas da defensiva Benfiquista para chegar ao golo. O Benfica procurou reagir ao golo empurrando o Tondela para a sua defensiva mas foram mesmo os visitantes a chegar ao segundo de forma surpreendente.

Desperdício de um lado eficácia do outro

A segunda parte deste jogo resume-se facilmente. Um Benfica sempre à procura do golo e um Tondela sempre muito bem a defender e contar-atacar. Foi intenso o domínio e foram inúmeras as oportunidades de golo mas seja por mérito da defensiva contrária, por demérito dos avançados ou por azar, a bola nunca entrou.
O passar dos minutos foi fazendo crescer o coração e diminuir a cabeça e quando assim é raramente os resultados são os pretendidos. O velho ditado mantém-se atual e mais uma vez confirmou-se: quem não marca sofre. Foi um golpe demasiado duro para a entrega que os jogadores demonstraram e para as oportunidades que criaram. A dignidade fez com que os jogadores continuassem na luta e já nos descontos chegaram quase de forma irónica ao golo.
Benfica Futebol Zivkovic
Incompreensível a substituição de Zivkovic
É o fim do sonho, o regresso à realidade. E a realidade é que no próximo fim-de-semana há já um jogo muito importante para ganhar na luta por um objetivo muito importante que é a possibilidade de chegar à liga dos campeões.

#naomefodas mode on
  • Fds, retirar o Zivkovic de campo devia dar cadeia, no mínimo.
  • Até é injusto para o jogador estar a falar disto pela excelente época que fez, mas manter o Cervi a titular após as últimas exibições...
  • Quem anda há anos a por em causa o profissionalismo do Pepa e do Tondela devia meter a cabeça num balde de mrd. Infelizmente estão a festejar, satisfeitos pela pressão ter resultado.
  • Daqui por quinze dias fazem-se balanços e acertam-se contas. Até lá honrem o Manto Sagrado porque não é pouco o que está em jogo.
#naomefodas mode off

Venha o próximo e viva o Benfica!!!

Destaques do Baralho

REI: 50.000 – Os adeptos que estiveram na Luz deviam ter direito de preferência nos futuros jogos de "título". Grandes!
ÁS: Eu – Ainda ter a força para vir para aqui escrever com a cabeça o mais fria possível...
SENA: Golo de Salvio – A tranquilidade com que faz o golo quando já não contava para nada, contrastando com a sofreguidão de todos quando valia a pena marcar, demonstra o excesso de coração.
DUQUE: Benfica – Ganhamos todos, perdemos todos.
Abraço


3 comentários:

  1. LUZ NÃO VIA DERROTAS NA LIGA SEM SER COM SPORTING OU FC PORTO HÁ OITO ANOS.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Excelente ciclo. Que venho outro igual ou melhor.

      Eliminar
    2. Uma desilusão , muita incompetência que tem de ser responsabilizada pode-se ter comprometido sériamente muitos Milhões de Euros se o Benfica não for há Champions , desde o Dinheiro que ela dá até as assistências que se for Liga Europa perde metade do interesse , ninguém quer ver o PIMPAMPUM jogar na LUZ !...

      Eliminar

Espreite também...

Benfica 3 - 2 Guimarães - Brilho e sofrimento