domingo, 3 de setembro de 2017


O plantel: vade retro lesões!!!

Gabriel Barbosa. Esperemos que também, Gabigol
Gabriel Barbosa. Esperemos que também, Gabigol

Prevenção e recuperação, a chave do sucesso

Com o fecho do mercado já podemos olhar para o plantel do Benfica para a época 2017/18, pelo menos até 31 de dezembro. Depois das saídas de 3/5 do sector defensivo no final da época passada aos quais se veio juntar a recente saída de Mitroglou, chegaram finalmente dois reforços que se esperam dignos desse nome: Douglas e Gabriel Barbosa.
Parece-me que haverá mexidas entre as equipas A e B. A tentativa de colocar Pedro Pereira e Hermes indicia a possibilidade de não ficarem a trabalhar com o plantel principal. Jogadores como Rúben Dias, Kalaica, Chrien, João Carvalho, Diogo Gonçalves e Willock devem somar minutos na equipa B, caso não os tenham na A. É importante que apresentem mentalidade para o fazerem já que estão numa fase da carreira em que precisam de jogar. O mesmo se aplica a um dos dois guarda-redes mais jovens.
Paulo Lopes deverá confirmar a sua passagem para outras funções no clube.
Com os dados conhecidos, neste momento o plantel é o seguinte:
Guarda-redes (4): Júlio César, Bruno Varela, Svilar e Paulo Lopes.
Laterais (6): André Almeida, Douglas, Pedro Pereira, Grimaldo, Eliseu e Hermes.
Centrais (5): Luisão, Jardel, Lisandro Lopez, Rúben Dias e Kalaica.
Médios (6): Fejsa, Samaris, Filipe Augusto, Pizzi, Chrien e Krovinovic.
Alas (6): Salvio, Zivkovic, Cervi, Rafa, João Carvalho e Willock.
Avançados (5): Jonas, Seferovic, Gabriel Barbosa, Raul e Diogo Gonçalves.
O plantel em treino aberto no Estádio da Luz
O plantel em treino aberto no Estádio da Luz

Sector a sector

O sucesso do caminho para o Penta dependerá muito do número de lesões ao longo da época e nesse aspecto os indícios continuam a ser pouco tranquilizantes. Começa pela baliza onde era importante que Júlio César jogasse com regularidade enquanto Bruno Varela e Svilar se vão ambientando às exigências de uma equipa como o Benfica.
Nos centrais é fundamental a boa forma física de Luisão e Jardel já que as alternativas não são do mesmo nível. Esperemos que Lisandro comece a apresentar mais tranquilidade quando chamado e que os dois jovens sejam uma boa surpresa se for o caso de terem que assumir a titularidade.
Nas laterais mais uma vez muito dependentes do físico de um jogador, neste caso Grimaldo. É o único capaz de criar desequilíbrios ofensivamente. Esperemos que Douglas apresente atributos semelhantes. André Almeida e Eliseu vão dando conta do recado, mas por um motivo ou outro não são suficientes para serem titulares toda a época.
No centro do terreno aplica-se a Fejsa o que se escreveu sobre Grimaldo, muita saúde já que as alternativas estão muito distantes. Caso Pizzi apresente a mesma regularidade da época passada é meio caminho andado para o sucesso. Krovinovic pode ser uma boa alternativa, veremos como se adapta a um clube enorme.
Nas alas existem soluções em quantidade e qualidade. Esperemos apenas uma boa gestão por parte do treinador deste leque de excelentes executantes.
A frente de ataque é excelente sendo várias as alternativas ao dispor do treinador. Espera-se que Jonas e Severofic confirmem o bom início de época. Raul parece pronto a explodir para uma grande época. Se Gabriel Barbosa se reencontrar na Luz pode também ser um reforço inesperado.
Concluindo, se a praga das lesões se afastar do plantel há condições para repetir a boa época passada. Força aí General Nhaga, trata disso.


2 comentários:

  1. Para erradicar a praga das lesões é preciso acabar com os parasitas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prevenção e recuperação. Se há muito parasita nestas áreas, Advantix ou Frontline para cima deles.

      Eliminar

Espreite também...

Benfica 2 - 1 Rio Ave - Extremos resolvem!