quarta-feira, 30 de agosto de 2017


Voleibol: Reforços de peso, ambições reforçadas

Arrancou a época 2017/18 para o Voleibol do Benfica

A selfie do Voleibol do Benfica no Estádio da Luz
A selfie do Voleibol do Benfica no Estádio da Luz
É o regresso ao trabalho dos campeões nacionais de Voleibol para uma época que se pretende de consolidação do domínio da modalidade em Portugal e reforço do prestigio a nível europeu.
Após uma época marcada por várias lesões no momento das decisões, à imagem do futebol, o Benfica apresenta-se novamente sob a liderança de José Jardim que será coadjuvado por Nuno Brites e Rodrigo Barroso. Recorde-se que José Jardim já vai em 32 anos ao serviço do clube, os últimos 17 como treinador.
De saída estão os “dinossauros” Ché e Roberto Reis, este último fundamental no play-off da última época ao jogar grande parte do tempo lesionado. Também terminam a sua ligação ao Benfica João Magalhães, João Oliveira e Mart Werkhoven, assim como Rapha, jogador com maior rendimento ao longo de toda a época passada.

O novo plantel

O plantel para a nova época conta com cinco reforços que se espera que venham para somar e ajudar na revalidação do título de campeão nacional e, quem sabe, na conquista de uma competição europeia. São quatro estrangeiros de créditos firmados na modalidade aos quais se junta o internacional português Filip Cveticanin.
O plantel será então composto por: Milija Mrdak, Ary Neto, Miroslav Gradinarov, Dusan Stojsavljevic e Filip Cveticanin, que se juntam a Vinhedo, Tiago Violas, Ivo Casas, Hugo Gaspar, André Lopes, Marc Honoré e Zelão. Da formação chegam Rúben Paz e Miguel Sinfrónio.
Plantel do Voleibol do Benfica para 2017/18
Plantel do Voleibol do Benfica para 2017/18
Milija Mrdak é um oposto com 2 metros de altura que apresenta números muito bons na pontuação. Ary Neto é um zona 4 com 1.98 metros, com excelente currículo e forte na recepção já que também já ocupou a posição de líbero.  Miroslav Gradinarov é um zona 4 com 2.04 metros de altura com muito poder de fogo. Dusan Stojsavljevic, com 1.90 metros é mais um reforço para a zona 4. Finalmente Filip Cveticanin vindo do Castêlo da Maia, vem reforçar a posição de central com os seus dois metros de altura.
O plantel para a época 2017/18:
Distribuidor: Vinhedo e Tiago Violas
Líbero: Ivo Casas e Rúben Paz
Oposto: Hugo Gaspar (C), Milija Mrdak
Zona 4: André Lopes, Ary Neto, Miroslav Gradinarov e Dusan Stojsavljevic
Central: Marc Honoré, Zelão, Filip Cveticanin e Miguel Sinfrónio

#naomefodas mode on
Façam uma gestão ao longo da época como deve ser, crl. Não quero chegar aos momentos de decisão com metade do plantel lesionado.
Se o outro mrds já metia nojo no Espinho, então agora… Nada de facilitanços, OK?
#naomefodas mode off

Declarações

José Jardim: “Sabemos que este Clube vive de títulos, e grande parte da nossa vida é vivida para o voleibol, logo também vivemos de títulos. E os títulos são a alegria dos adeptos, que são a razão de existir do Clube. A conquista do Campeonato Nacional é o objetivo principal, mas neste momento o primeiro é o mais importante, e o primeiro é a Supertaça, no dia 30 de setembro. Começámos a trabalhar há uma semana, e o que posso dizer deste grupo de trabalho é que registo com grande satisfação o empenho, o entusiasmo e a familiaridade que todos os atletas que representam pela primeira vez este Clube já sentem.”.
Hugo Gaspar: “Ganhar em todas as vertentes, todos os títulos em disputa. É para isso que estamos a treinar. É um período muito inicial, a paragem no voleibol é muito alargada. Agora é ganhar técnica mas tem corrido tudo bem, sem problemas. Estou muito motivado e confiante numa boa época desportiva”.
Ary Neto: “Estou encantado com a estrutura do clube, fui muito bem recebido. Contamos com um plantel qualificado, muito bom. Estou muito feliz e temos todas as condições para que seja uma grande época. Manter a hegemonia no Campeonato Nacional e a europa, que é uma conquista ambiciosa, mas temos qualidade para isso”.
Zelão: “Estamos todos com energias renovadas e ansiosos por regressar ao trabalho e conseguir os objetivos. O principal objetivo continua a ser o campeonato nacional. Queremos revalidar todos os títulos e o máximo que conseguirmos na europa”.
Miroslav Gradinarov: “Já conhecia o Benfica por causa do futebol e porque um amigo búlgaro que jogou voleibol no Clube [Ivan Kolev] me falou bem. Eu cheguei e vi o ginásio, o Estádio… As instalações são fantásticas. Foi a primeira vez na minha carreira que vi este tipo de ginásio e estádio juntos. Vou dar o meu máximo para este ser o meu melhor ano até agora”.

Abraço


Sem comentários:

Enviar um comentário

Espreite também...

Benfica no Pavilhão - resultados da semana XV