domingo, 11 de agosto de 2019


Benfica 5 - 0 Paços de Ferreira: Insaciáveis!

Blog Benfica Festejos do golo
A festa do golo
Após a conquista da Supertaça Cândido de Oliveira o Benfica recebia o Paços de Ferreira na abertura da Liga NOS 2019/20. Era importante dar continuidade às estreias positivas que se têm verificado nos últimos anos de forma a integrar o pelotão da frente logo no arranque da competição. O relvado do Estádio da Luz já se apresentou completamente recuperado dos problemas verificados no início da pré-temporada e que forma bem visíveis no jogo de apresentação frente ao Anderlecht.
O Benfica não repetiu o onze que defrontou o Sporting para a Supertaça já que Gabriel saiu dessa partida lesionado. A opção de Bruno Lage para substituir o brasileiro recaiu no grego Samaris
que formou dupla no meio campo com Florentino Luís. Destaque para a presença do jovem João Ferreira, assim como do reforço Vinícius, no banco de suplentes.

Benfica vs Paços de Ferreira - Liga NOS 2019/20
Zlobin, João Ferreira, Jardel, Taarabt, Chiquinho (66'), Jota (78') e Vinícius (78')

Curtas:
  • O jogo interior do Benfica é muito difícil de travar. Para isso muito contribuí a mobilidade dos avançados que inventam espaços onde os médios acabam por aparecer. Com isso perdem eles algumas oportunidades de aparecerem em zona de finalização, mas ganha a equipa.
  • Apesar de algumas falhas no passe, principalmente na fase inicial da partida, Florentino fez mais uma exibição de encher o olho, recuperando bolas como quem respira. Com o aprimorar em termos de posicionamento que o tempo lhe dará será um autêntico monstro no meio campo.
  • O primeiro toque na bola do RDT é quase sempre o ideal. A bola é acarinhada e invariavelmente orientada no sentido que cada situação pede.
  • Nuno Tavares abriu o marcador com um grande golo e ainda somou mais duas assistências. Uma com nota artística para o golo de Pizzi e outra a demonstrar que também sabe utilizar o pé direito. Não podia ter tido melhor estreia na Luz.
  • Samaris foi de menos a mais ao longo do jogo recuperando a postura confiante que apresentou na segunda metade da época transata. Bem que o Benfica precisa desse Samaris.
  • Carlos Vinícius estreou-se com um golo. Que seja o primeiro de muitos.
  • Esta liga parece que nos vai apresentar algumas boas surpresas ao nível de descoberta de novos craques por parte dos clubes menos cotados. Promete!
  • Fica muito bem a taça da International Champions Cup no Museu Cosme Damião. É uma honra ver o nome do Benfica ao lado de Real Madrid, Manchester United ou Barcelona na lista de vencedores do troféu.
  • Estranho que ainda não ouvi nenhum sportinguista a acusar os jogadores do Paços de Ferreira de abrirem as pernas ou a falarem em malas. Será que ainda têm assaduras no rabinho? 
Abraço

3 comentários:

Anónimo disse...

nao gostei hoje do rtd e porque o caio lucas nao joga?

moleculasdeamorpelavida disse...

a dinâmica da equipa foi coisa, espero um jogo mais fluído

joão carlos disse...

só que o rdt anda muito da zona onde, seu acho, que pode ser mais perigoso e por isso poucas ou nenhumas oportunidade tem.
entretanto o seferovic falha oportunidades em barda.

pese embora o nuno ter marcado, e que fantástico remate, e ter duas assistências só demonstra que tem qualidade técnica.
mas na primeira parte nunca deu largura falha imensos passes por utilizar o pé errado e acabamos por ter uma equipa coxa de um lado, alias o problema só se resolveu porque o rafa foi para o lado direito dar a largura.

se ebuehi não serve para titular, nem sequer para estar no banco, num jogo em casa contra uma equipa que acabou de subir de divisão então duvido que sirva para alguma coisa.

Espreite também: