sábado, 17 de agosto de 2019


Belenenses 0 - 2 Benfica: Chega de Silas?

Blog Benfica Rafa abriu o marcador
Rafa, em grande forma, abriu o marcador
A primeira deslocação do Benfica na Liga NOS 2019/20 foi curta, com  Jamor a ser o palco do jogo frente ao Belenenses ou lá com se chama a equipa teoricamente de Belém. Ao longo da semana foram várias as chamadas de atenção para o facto de esta ser a única equipa que Bruno Lage não venceu na última época numa tentativa de criar fantasmas no grupo de trabalho benfiquista. A mata do Jamor encheu-se de Benfiquistas dando um ambiente de Taça de Portugal ao pré-jogo do confronto.
O Benfica repetiu o onze que tão boa conta do recado deu na abertura da liga vencendo o Paços de Ferreira por cinco golos sem resposta. A única novidade de Bruno Lage em relação a esse jogo foi a presença de Caio Lucas no banco em detrimento de Jota.

Belenenses vs Benfica - Liga NOS 2019/20
Zlobin, João Ferreira, Jardel, Taarabt (94'), Chiquinho (74'), Caio Lucas e Vinícius (94')

Curtas:
  • Boa vitória num jogo pouco conseguido por parte do Benfica, mas que mesmo assim foi infinitamente superior a um adversário que se limita a trocas de bola sem progressão e sem bola acumula todos os jogadores no seu meio-campo. Nas poucas vezes em que não tem tempo de o fazer recorre à falta para travar o adversário.
  • Muita falta de inspiração da dupla atacante. A isso juntaram ainda alguma sobranceria bem dispensável em jogos onde o metro quadrado está muito caro.
  • Florentino foi a antítese desse comportamento. Sempre concentrado e contundente foi, a par de Rafa, o que apresentou um rendimento elevado ao longo de todo o jogo.
  • Desde que tomou conta da equipa do Benfica Bruno Lage deixa quase sempre as substituições para os últimos minutos das partidas. Inclusive quando o resultado é relativamente dilatado. Dado que ele raramente foge a questões em que se fala de futebol, gostava que lhe colocassem a questão porque tenho muita curiosidade na resposta.
  • O relvado está num estado lamentável. Muito perde o futebol quando os intérpretes têm qualidade acima da média e o palco onde atuam não lhes permite exibir o seu melhor reportório.
  • Acho um piadão à situação do Silas, ou melhor a este tipo de situação de uma forma geral. Toda a gente sabe que não tem habilitações para a primeira liga. Toda a gente sabe que é ele o treinador principal da equipa. No entanto a LPFP olha para o lado e nós cá vamos andando com a cabeça entre as orelhas.
  • Foram muitos os relatos que a entrada no estádio foi algo caótica. Foi bem visível os adeptos a entrarem no Jamor quase ao longo de toda a primeira parte. Vergonhoso!
  • Quero ver a festa da Taça de Portugal no Jamor em finais de maio, não em agosto. Vamos lá trabalhar a sério para lá chegar, sem aquela história de trocar de guarda-redes só porque sim
Abraço

1 comentário:

joão carlos disse...

já por varias vezes o lage tarda as substituições e nem se percebe é que elas até fora bem feitas e o que o jogo estava a pedir, se a primeira pecou por ser um nada tardia as restantes foram aberrantemente tardias.
era evidente que os dois avançados a meio do segundo tempo já estavam nas ultimas nem defendiam nem atacavam e com eles a darem mais espaço lá atrás o que se precisava era de gente fresca.

o seferovic não só não fez nada, alias fez mas foi só porcaria, como ainda por cima andou a estragar o que os outros faziam bem e a estorvar, quase que parecia um defesa deles.
entretanto quer me parecer que andamos a queimar o rdt e qualquer dia não temos ponta de lança um porque é aquilo que sabemos e o outro que cada vez tem menos confiança.

nuno tavares a lateral direito não tem uma jogada de ataque de jeito e na defesa dá buracos sempre pelo mesmo motivo, falta de pé direito.
e se nem o joão nem o tomas, pelos vistos, são melhores que isto então temos um enorme problema porque quase de certeza não vamos contratar ninguém.

Espreite também: