sábado, 9 de dezembro de 2017


Benfica vs Estoril - Queremos mais e melhor

Queremos a Águia a voar mais alto
O Estoril apadrinhou o regresso do Benfica ao Estádio da Luz para jogo da 14ª jornada da Liga NOS 2017/18 que dava a possibilidade ao Benfica de saltar para a liderança, ainda que à condição. Perto de 50.000 pessoas assistiram a este jogo importantíssimo para a consolidação da recuperação rumo ao Penta.
Foram muitas as novidades em relação ao jogo com o Basileia para a Liga dos Campeões. Foi no entanto o regresso ao onze apresentado na ultima jornada da liga, o que significa que finalmente começa a ficar definida uma equipa base.
Onze inicial: Varela, A. Almeida, Luisão, Jardel, Grimaldo, Fejsa (Samaris 69'), Krovinovic, Pizzi, Salvio (Rafa 78'), Cervi e Jonas (Raúl 84').
Suplentes: Paulo Lopes, Samaris, Keaton, João Carvalho, Rafa, Seferovic e Raúl.

Ao sabor dos acontecimentos

Boa entrada em jogo do Estoril a jogar no meio campo do Benfica fruto de uma pressão alta que criava dificuldades à saída de bola benfiquista. Como consequência dessa boa entrada a bola esteve sempre a rondar a baliza encarnada embora sem grande perigo.
Benfica Futebol Krovinovic
Krovinovic fez o terceiro da partida
O Benfica aproveitou este esticar de manta da equipa estorilista e respondeu em contra-ataque e num espaço de cinco minutos faz dois golos. Salvio primeiro, a passe de Cervi, e Jonas depois, a passe de Salvio, colocam o Benfica com uma vantagem tranquiladora.
Em cima do intervalo o Estoril chega ao empate num bom cabeceamento que não deu qualquer hipótese a Bruno Varela. Com este golo os visitantes reentravam no jogo e relançavam o interesse na segunda parte. Já não é a primeira vez que o Benfica sofres estes golos mesmo em cima do apito para o intervalo. Há que manter a concentração sempre a top.

Jogo sempre pouco controlado

Bruno Varela foi o primeiro protagonista de segunda parte com um boa intervenção a negar o golo ao Estoril. Os visitantes procuravam o empate mas era o Benfica que dispunha de boas situações de golo, quase sempre através de boas incursões pela esquerda. Cervi e Grimaldo combinavam muito bem e serviam com critério os seus companheiros em situação de concretização. Foi no entanto numa boa iniciativa de Krovinovic pela zona central em combinação com Cervi que chegou o terceiro golo.
O Estoril não se rendeu e continuou à procura do golo, o que chegou a acontecer mas foi corretamente invalidado pelo vídeo-árbitro por mão do jogador canarinho. Inclusive viu o cartão amarelo por essa ação. Daí até final nada de registo a assinalar, foi apenas esperar pelo apito final do árbitro da partida.
Benfica Futebol Salvio
Salvio, um golo e uma assistência
Já é o terceiro jogo consecutivo com o mesmo onze titular, já são vários jogos com este sistema, já é tempo de a equipa começar a apresentar uma evolução clara no seu futebol. É impressionante a facilidade com que a bola chega à grande área do Benfica. Já é tempo de efetuar uma pressão ao adversário com um mínimo de coordenação entre todos os jogadores. Já é tempo de se ver referências no processo defensivo. Se a equipa não dá um salto qualitativo vai ser uma época muito sofrida.


#naomefodas mode on
  • Fds, que saudades de ver o nosso Benfica dono e senhor do jogo.
  • As quebras nas segundas partes já mereciam alguma análise, não Mister?
  • Top apresentar um banco sem um único defesa! Se não é inédito, não deve andar muito longe.
  • Bora lá ganhar na quarta-feira que o Jamor é "muita lindo".
#naomefodas mode off

Venha o próximo e viva o Benfica!!!

Destaques do Baralho

REI: Asa esquerda – Muito boa a dinâmica imprimida por Cervi e Grimaldo no corredor esquerdo da equipa.
ÁS: Salvio – Um golo e uma assistência que ajudaram a fazer o resultado.
SENA: Homenagem a Zé Pedro – Fica também a homenagem pessoal a um artista com carisma à Benfica.
DUQUE: Amarelo André Almeida – Não havia necessidade de ficar "à bica" para o derbie. Se pelo menos houvesse alternativa...
Abraço


Sem comentários:

Enviar um comentário

Espreite também...

Conquistas à Benfica! - IV